5 de março de 2020

ITAITUBA/PA - PSL FICA COM EMPRESÁRIO GILBERTO LEAL

Gilberto Leal
Desde o ano passado o empresário Gilberto Leal (Postos Leal) vem trabalhando para organizar o PSL, partido pelo qual o presidente Jair Bolsonaro se elegeu e brigou com o presidente nacional, abandonando a sigla depois.

Esse partido esteve, regionalmente, sob o comando do deputado federal Eder Mauro até cerca de duas semanas. Porém, como o deputado continua firme na base do presidente Bolsonaro, Luciano Caldas Bivar, o presidente nacional do PSL, tomou a sigla de Eder. Mas, antes disso, o empresário do ramo aurífero e da construção Ivan D’Almeida, pré-candidato a prefeito em outubro vindouro, esteve em Belém e conseguiu com Eder Mauro o comando do partido em Itaituba, mesmo sem ter ajudado na criação da sigla partidária em Itaituba.

Ivan D'Almeida
De posse da sigla, Ivan procurou Gilberto Leal na semana passada, quando lhe comunicou que o PSL tinha novo comando em Itaituba, que seria a filha de Ivan, Elaine D’Almeida, a nova presidente da comissão provisória.

Gilberto Leal, depois de gastar mais de R$ 20 mil com advogado, contador, aluguel da sede do partido, que foi pago antecipadamente pelo prazo de dez meses e com pessoal para filiar mais de 200 pessoas, não digeriu bem a notícia e, caso aquela fosse uma decisão definitiva do partido, esperava ser ressarcido dos gastos até então efetuados com a criação da sigla.


Porém, como a política é igual nuvens, onde ninguém sabe como estará daqui a uma hora e conversa vai, conversa vem, Gilberto ficou sabendo que uma reviravolta na situação estava em curso na capital do estado, e que já estava confirmado que Éder Mauro havia perdido o comando do PSL no Pará. Assim, sendo feita Justiça, o partido voltou aos domínios de Gilberto, que já havia assumido compromisso de apoiar a candidatura à reeleição do prefeito Valmir Clímaco, reiterou, mais uma vez, seu apoio com todo o grupo do PSL, que terá uma chapa completa, com 23 candidatos a vereador, coligando na majoritária com o partido do prefeito, o MDB.

É importante ressaltar, que o prefeito Valmir Clímaco intercedeu para agilizar a solução do impasse e colocar novamente o PSL nas mãos de Gilberto.

Por seu lado, Ivan está danado da vida com essa inesperada derrota e vendo cada vez mais ser diminuído seu grupo de apoio.

Matéria adaptada de postagem de Jota Parente

Reações:

0 comentários: