16 de dezembro de 2019

MORAES DE ALMEIDA/PA - LUTADOR DE MMA É O MATADOR DE EMPRESÁRIO DESAPARECIDO

Corpo de empresário desaparecido é encontrado em cova rasa, acusado do crime é preso.


É com profunda tristeza que confirmamos que o empresário EURIVALDO ALVES MARIANO, conhecido como Cotia, foi encontrado morto na região às proximidades do Garimpo Boa Esperança, local de onde também desapareceu no dia 09/12/19. Foram ao todo 05 (cinco) dias de aflição para a família, que contou com o apoio de muitos moradores de Moraes Almeida e região nas buscas.

Na tarde de hoje (14/12/2019) o desfecho desta história terrível teve fim. O empresário que foi encontrado sem vida, estava enterrado em uma cova rasa, em um local próximo a um barraco abandonado de propriedade da senhora FRANCINEUMA, mãe do suspeito ANTÔNIO MAGNO LIMA PEREIRA.


Segundo o apurado, ANTÔNIO MAGNO estava neste local há seis meses e conheceu a vítima há poucas semanas. O suspeito, um lutador de MMA, esteve com Cotia na segunda-feira e, já na terça-feira pela manhã, partiu da região garimpeira rumo ao Estado do Mato Grosso.

Durante o período em que o empresário esteve “desaparecido”, MAGNO utilizava o aparelho telefônico de Cotia para pedir dinheiro à esposa e amigos do próprio empresário, sempre dizendo que estava com problemas e que precisava de dinheiro.


Foram dias torturando a família e mandando mensagens, até que a Policia Civil de Itaituba, no inquérito presidido pelo DPC Rafael Ribeiro, em parceria com as Polícias de Cuiabá/MT e de Rondônia, conseguiram desvendar os fatos e chegar até a identidade do suspeito. Com base nas informações e com a localização do telefone celular a polícia de Cuiabá logrou êxito em capturar o indiciado e esclarecer os fatos.

O corpo será retirado da área com apoio do IML de Itaituba, e será velado em Rondônia. A família nesta ocasião foi representada pelo escritório de advocacia Brandão Advogados, através dos Advogados Fernando Brandão, Jessiene Souza e Ana Flávia Sousa, que estiveram dando todo suporte necessário e acompanhando a investigação policial até o momento do desfecho do caso.

Ainda não se sabe a motivação do crime.

Fonte: Junior Ribeiro

Reações:

0 comentários: