21 de maio de 2019

ALENQUER/PA - CABELEIREIRO FAZ CHANTAGEM POR SEXO

Cabeleireiro é preso em Alenquer por suspeita de tentar extorquir homem para não divulgar vídeo íntimo

Segundo a polícia, Marcelo exigia dinheiro e relações homoafetivas com a vítima, que seria casada e estaria com um relacionamento extraconjugal.

Por G1 Santarém — PA

Marcelo Coiffeur foi preso após chantagear um homem em Alenquer — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um cabeleireiro foi preso em flagrante no fim da tarde de segunda-feira (20) em Alenquer, no oeste do Pará, suspeito de extorquir um homem ameaçando divulgar nas redes sociais fotos um vídeo em que a vítima aparecia sem roupa. Marcelo Garcia Silva, conhecido como “Marcelo Coiffeur”, foi autuado pelo crime de extorsão.

Segundo a polícia, o homem que estava sendo chantageado seria casado e teria enviado um vídeo à esposa de Marcelo. O cabeleireiro viu o vídeo e trocou mensagens com o homem se passando pela mulher. Depois, de posse do vídeo, passou a chantagear a vítima.

De acordo com a polícia, Marcelo exigia que o homem lhe desse dinheiro (R$5 mil a R$10 mil). Também exigia que a vítima tivesse relações homoafetivas com ele. 

Apesar de ser casado com uma mulher, Marcelo teria admitido à polícia que tem relações sexuais também com homens.

Marcelo foi levado à delegacia, onde foi autuado em flagrante pelo crime de extorsão com base no art. 158 do Código Penal Brasileiro. À imprensa, Marcelo não quis falar sobre o assunto.

Reações:

0 comentários: