12 de abril de 2019

MONSTRO - PAI DE AMIGA TENTA ABUSAR DE COLEGA QUE DORMIA NA CASA

Pai de garota agredida na casa da amiga fala sobre trauma: 'Dorme e acorda gritando'


Adolescente disse à polícia que foi abusada pelo pai da amiga. Policiais encontraram a jovem com a língua roxa, marcas no pescoço e vomitando, em Sorocaba (SP). Suspeito foi ouvido e liberado.



Por Ana Beatriz Serafim, G1 Sorocaba e Jundiaí




Pais registram boletim de ocorrência após filha
relatar agressão e tentativa de abuso sexual em Sorocaba
Foto: Arquivo Pessoal

"Minha filha está traumatizada, dorme e acorda gritando", lamenta o pai da menina de 13 anos que denunciou ter sido agredida em uma tentativa de abuso sexual pelo pai de uma amiga, enquanto dormia na casa deles, em Sorocaba (SP).


Segundo o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Defesa da Mulher, o ataque teria acontecido no domingo (7), na casa da amiga da vítima no Jardim Ipiranga. As famílias moram na mesma rua e os policiais encontraram a jovem com a língua roxa, marcas no pescoço e vomitando.



O pai da vítima, que teve a identidade preservada para proteger a filha, contou ao G1 que ela chegou a desmaiar durante o ataque pela tentativa de enforcamento do agressor.



"Ela está se recuperando, mas lembra do que aconteceu e fica com muito medo. Estou sem dormir porque não consigo, fico ao lado dela", diz o pai da menina.



O pai ainda falou ao G1 que a garota chegou a confundir o ataque com um pesadelo. Ele informou que a delegacia não manteve o suspeito preso por falta de provas sobre o crime, que foi registrado como lesão corporal e estupro de vulnerável.



O G1 tentou detalhes sobre a investigação com a Delegacia de Defesa da Mulher, mas não obteve resposta.



Entenda




Jovem foi encontrada com sinais de
enforcamento em Sorocaba — Foto: Arquivo Pessoal

Ainda conforme o relato da vítima aos policiais, a menina acordou com o pai da amiga tentando sufocá-la e depois desmaiou. O pai da jovem disse que o homem voltou a dormir depois que a menina ficou desacordada, pois a esposa do suspeito teria acordado com o choro da garota e então chamado os responsáveis dela.


"Ela [filha] conseguiu voltar a si, acordou, chorou. A mãe da menina acordou e ela falou que o 'monstro' subiu em cima dela", continua. A mulher então chamou a mãe da menina e disse que a jovem estava passando mal.



Ao verem a situação da filha, os pais perguntaram o que tinha acontecido e ela contou que o pai da amiga tinha tentado enforcá-la, além de ter passado a mão na virilha e na vagina dela.



A Polícia Militar foi acionada e levou o suspeito para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde foi ouvido e liberado.



A adolescente foi levada até a Unidade Pré-Hospitalar da zona oeste, onde recebeu atendimento médico. Depois, a menina prestou depoimento na delegacia junto aos pais e passou por exames no Instituto Médico Legal (IML).

Nota do Blog: Esse caso corrobora, mais uma vez, que os abusadores/estupradores de nossas crianças estão bem ao lado das vítimas. Assim, todo cuidado é pouco com nossas crianças; sempre digo ao meu filho para que ele não deixe ninguém, ninguém mesmo, tocá-lo, receber bombom/doces de estranhos e até de colegas ou colocá-lo colo. Também peço que me fale se alguém tentar tal tipo de coisa. Devemos ficar alertas e deixar nossas crianças alertas.

Reações:

0 comentários: