29 de abril de 2019

ITAITUBA/PA - MOTOTAXISTA AGRESSOR DE COLEGA PERDE A LICENÇA

Cooperativa de Mototaxistas de Itaituba penaliza mototaxi que agrediu covardemente colega de profissão.

Cooperativa decidiu cassar a licença de tráfego do agressor, que não poderá mais trabalhar como Mototaxista. Essa é a segunda vez que o agressor se envolve em briga com colegas de profissão.


Na tarde do último sábado (27), um vídeo compartilhado nas redes sociais gerou muita repercussão no município de Itaituba. No vídeo, dois mototaxistas apareciam brigando ao lado da agência da Caixa Econômica Federal, sob os okhares de dois outros mototaxistas, que nada fizeram.

Na tarde desta segunda-feira (29), uma reunião entre os conselheiros da Cooperativa de Mototaxistas de Itaituba decidiu, por unanimidade, excluir um dos mototaxistas envolvidos no episódio, o agressor. Segundo informações, foi a segunda vez que o mesmo “saiu na porrada” com um companheiro de trabalho; a primeira foi ano passado, que também foi filmado e divulgado.

Os outros dois homens que estavam no local e não prestaram socorro e nem tentaram impedir a confusão, também serão chamados para que seja avaliada uma forma de punição para eles.

Quanto ao rapaz que foi agredido, o presidente do conselho de Mototaxistas do Município, Romilson, disse que “o conselho entendeu que ele já sofreu as consequências. Foi agredido, está com uma lesão muito forte na coluna e não pode trabalhar. Teve de entregar a moto, porque não tem como trabalhar. Então, ele já está sendo penalizado.”

A moto do agressor está na Coordenadoria Municipal de Transito de Itaituba-Comtri e será feita a baixa do veículo no sistema, que não poderá mais ser usada para tal finalidade. Também será cassada a licença de tráfego do mesmo, que não poderá mais trabalhar como mototaxista.

Segundo informações, o homem agredido se recuperava de uma lesão na mão. Ou seja, estava em desvantagem. Como se o próprio fato já não fosse suficientemente desumano, o vídeo mostra pessoas observando, sentadas próximas ao acontecimento, sem esboçar qualquer tipo de reação para ajudar ou apartar o conflito. E pior, recebemos, em nossa redação, vídeos de diversos ângulos. O que nos leva a crer que, além das pessoas que observavam sem nada fazer, outras filmavam e faziam de um episódio triste um entretenimento.

Em curto diálogo com o Giro, o homem agredido disse que tudo aconteceu por um motivo banal. “Foi por causa de um papelão de cobrir as motos. Depois uma agressão, logo em seguida meu braço saiu do lugar não pude fazer nada, só o que tá nos vídeos !” afirma

Veja o vídeo abaixo.

Video e imagem, tiradas do Whatsapp

Reações:

0 comentários: