31 de março de 2019

SANTARÉM/PA - CHUVAS CAUSAM PRRJUÍZOS E TRANSTORNOS

Rua Joaquim da Costa Pereira, no centro de Santarém — Foto: Reprodução/Redes sociais

A chuva torrencial que caiu no sábado (30) provocou vários pontos de alagamentos em imóveis e ruas de Santarém, oeste do Pará. Em alguns pontos, moradores registraram o temporal.

Na avenida Tapajós, desde o centro até o bairro Laguinho, vários carros ficaram praticamente encobertos com a água que também invadiu comércios e casas. Na avenida Barjonas de Miranda, no bairro Santa Clara, a enxurrada por pouco não ‘levou’ veículos estacionados na via.

Moradores também publicaram nas redes sociais que na ponte de Urumari, na Curuá-una, o trânsito parou, pois era impossível conduzir carro ou moto competindo com a força das águas.

Pacientes e acompanhantes no Hospital Municipal também registraram a invasão das águas no local, provocando desespero.

À produção de jornalismo da TV Tapajós, a Defesa Civil informou que uma equipe esteve no bairro Maracanã ainda no sábado (30) para fazer um trabalho preventivo. As demais demandas já estavam sendo atendidas pelos profissionais da Seminfra, com o apoio da Defesa Civil, que monitorou os pontos afetados.


O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar publicou em seu perfil no facebook que já acionou a Defesa Civil para verificação dos pontos, além de convocar profissionais da limpeza e máquinas para atender às demandas nos lugares mais afetados.

Profissionais da Seminfra estavam trabalhando para limpar áreas afetadas — Foto: Divulgação/Prefeitura de Santarém

Pós-chuva

Nas primeiras horas deste domingo (31), vários comerciantes estiveram no centro comercial para contabilizar os prejuízos provocados pela forte chuva e fazer a limpeza.
Na manhã de domingo (31) moradores fizeram limpeza em lojas invadidas por águas — Foto: Débora Rodrigues/TV Tapajós

Tempo para o domingo

O domingo (31) amanheceu com chuva e o tempo deverá continuar fechado. De acordo com a previsão do tempo (The Weather Channel) há possibilidades de tempestades dispersas pela manhã e a tarde com trovoadas. Por volta das 9h da manhã temperatura era de 25° podendo chegar até 28° com ventos de 10 a 15 km / h. Possibilidade de chuvas de 80%.

Registros dos moradores

Nas redes sociais, moradores registraram vários pontos de alagamentos em casas e ruas da cidade. Em um dos vídeos é possível ver que os moradores tiveram que colocar objetos pessoais em cima de camas e mesas, na tentativa de evitar mais prejuízos.

ITAITUBA

A chuva na cidade de Itaituba, sudoeste do Pará, também foi intensa mas pelo trabalho de limpeza, aumento de diâmetro das pontes e uma maior conscientizacão da população, não houve os estragos consideráveis dos invernos passados; locais que ficavam constantemente alagados, mesmo apos o fim das chuvas, como a 15 de agosto, Justo Chermont na parte baixa da cidade.

O dano maior causado pela chuva foi  na rod. Transamazônica, sentido Itacimpasa, quando uma camionete caiu em uma bueira aberta pela chuva, causando tão somente danos materiais.





Imagens: whatsapp

Reações:

0 comentários: