3 de dezembro de 2018

ITAITUBA/PA - PROTESTO CONTRA A CELPA TEVE POUCO APOIO POPULAR

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Hoje aconteceu, por volta das 16h, o protesto BA$TA CELPA em frente ao escritório da concessionária de energia elétrica dos paraenses, por causa do altíssimo preço da tarifa de energia elétrica e do péssimo atendimento dispensados aos consumidores.



Os coordenadores do movimento chegaram cedo ao local do protesto com um pequeno carro de som, mas adequado ao evento, e o colocaram atravessado na av. Justo Chermont e de frente para o escritório da Celpa.
Oportunamente, a porta da Celpa estava trancada e fechada com cadeado; não apareceu nenhum funcionário da empresa para prestar esclarecimentos; a Polícia Militar esteve presente, mas por pouco tempo, tendo em vista que o movimento se mostrava pacífico; a Coordenadoria de Trânsito-COMTRI fechou algumas ruas nas adjacências para que o protesto fosse feito sem atropelos por causa do trânsito.

Vários consumidores revoltados deram depoimentos dos roubos dos quais são vítimas; narraram absurdos inimagináveis, como o de uma senhora que se encontrava no garimpo e em sua casa na cidade, com apenas uma geladeira ligada à rede elétrica, teve um consumo mensal de mais de R$1.700. 
Outras senhora, afirmou que recebe um salário minimo de salário, mas tem uma conta de energia quase no valor, sendo que ainda tem que comprar remédios para cuidar de sua saúde

Os depoimentos, que demonstravam a insatisfação dos consumidores, foram acontecendo espontaneamente, inclusive de empresários, comerciantes e donas de casa, que contavam quase a mesma história: o alto preço da energia, a falta de transparência da empresa, a truculência dos terceirizados, cobranças de valores exorbitantes, como o de uma dona de casa, que teve cobrada a bagatela de mais de R$ 17 mil de consumo de energia! 

A imprensa se fez presente para divulgação do evento, porém, a classe política, que é a representante do povo, eleita para lutar e defender os interesses desse povo, quase não se fez presente; também não se viu manifestação de nossos deputados nas redes sociais apoiando o movimento BA$TA CELPA!.

Porém, o principal ausente foi o povo, que em redes sociais se diz cansado dos desmandos da Celpa, mas não se fez presente para importante evento que busca acabar com esses desmandos; ficar teclando sua revolta em rede social é fácil, mas comparecer, é bem mais difícil.

Entretanto, vale ressaltar que se os empresários, também interessados no tema, tivessem liberado seus funcionários às 17h para participarem, o protesto teria uma magnitude muito superior a apresentada; quem sabe no próximo evento haja essa maior participação, principalmente da população.



Reações:

0 comentários: