16 de agosto de 2018

CELPA - DIREITO DE RESPOSTA - ESCLARECIMENTO

Práticas abusivas da empresa também foram citadas na recomendação (foto: MPPA)


No dia de ontem, 14/0/, este blog replicou notícia do Ministério Público Federal-MPF, que em conjunto com o Ministério Público Estadual-MPPA e Defensoria Pública do Pará, diante das milhares de ações contra a Centrais Elétricas do Pará-CELPA e de denúncias no PROCON, fazendo da referida empresa a campeã de reclamações, além de causarem uma grande demanda judicial, baixaram uma Recomendação para que a Celpa adote diversas providências que visem melhorar o relacionamento empresa-consumidor, bem como que se evite cobranças abusivas nas contas de luz.

Assim, diante de tal postagem, a Assessoria da Celpa entrou em contato com o blog pedindo que fosse publicado esclarecimentos acerca da matéria publicada pelo blog, que está sempre aberto a todos os pedidos de réplica sobre as matérias aqui publicadas.

Abaixo, a nota da Celpa.

Resultado de imagem para IMAGENS DA CELPA
"Sobre a referida recomendação, a Celpa informa que já foi notificada e que está analisando o documento para responder aos órgãos.

A empresa esclarece que todos os seus procedimentos para identificar o consumo não registrado obedecem rigorosamente ás regras do setor elétrico brasileiro, determinadas pela ANEEL e ressalta que não tem nenhum interesse em prejudicar ou lesar os seus clientes.

A empresa também destaca que trabalha de forma transparente, respeitando o direito do consumidor e, acima de tudo, primando pelos valores Ético e Dedicação ao Cliente e, quando identifica qualquer situação de erro em algum procedimento de sua responsabilidade, a Celpa o corrige imediatamente."

Núbia Pereira
Assessoria de Comunicação da Celpa

Reações:

0 comentários: