30 de julho de 2018

AVEIRO/PA - SERVIDORES EM GREVE POR SALÁRIOS ATRASADOS

MUNICÍPIO DE AVEIRO EM GREVE E O PREFEITO DO MDB PODE SER AFASTADO E CASSADO A QUALQUER MOMENTO
julho 30, 2018





O município de Aveiro, que tem como prefeito o senhor Vilson Gonçalves (MDB), recebeu com naturalidade a notícia de greve dos servidores da educação, que só voltam às aulas depois que receberem os dois meses em atraso, que já vai chegar a três salários; e a categoria também continua sem receber o terço de férias (2017 e 2018) e sem reajuste do piso.

O prefeito já informou que não tem como pagar; que irá esperar que os professores retomem às aulas normalmente. Caso não não retornem, irá comunicar a Justiça que os servidores estão se negando a trabalhar, e caso persista a paralisação, irá contratar professores substitutos para que então os alunos não sofram com essa paralisação. 

Mas aqui ficam algumas questões ao nobre gestor: a Justiça não pode obrigar ninguém a trabalhar sem receber uma contraprestação pecuniária; no Rio de Janeiro a Justiça entendeu que a greve dos servidores, que estavam há vários meses sem receber, era válida. Outro detalhe: se o prefeito diz não ter dinheiro para pagar os professores, que já trabalharam, donde ele irá arranjar dinheiro para pagar os contratados? Quem se ariscará a trabalhar sem receber?
A imagem pode conter: texto
Porém, diante de toda essa confusão, o prefeito, conforme o Sintepp em sua página do Facebook, faz sérias acusações de que o ex-Secretário de Educação e sua assistente adjunta, Pabliane Costa de Jesus Amorim, estavam recebendo valores indevidos; declarando, ainda, que a Secretária Adjunta recebia o mesmo salário de um secretário municipal.

As acusações do Sintepp também são de que, ao arrepio da Lei, o ex-secretário de Educação de Aveiro/PA se concedeu aumento salarial e à sua protegida, Pabliane.

Muito se comenta no município que, no retorno dos trabalhos da Câmara municipal daquele município, os vereadores irão entrar com um pedido de afastamento do gestor e, em seguida, com um processo de cassação do mandato; quem poderá assumir é sua vice, Conceição Santiago, que tem mantido um bom relacionamento com Câmara de vereadores; e por ser morador e filha de Aveiro, é uma esperança por parte dos servidores, que alegam que o atual prefeito Vilson, muitos servidores comissionados não residem no município, e por isso não acompanham as reais necessidades da população, que está sofrendo com administração do prefeito do MDB.

O prefeito Vilson já avisou aos vereadores que, se tentarem essa manobra, todos irão sofrer as consequências; sabe-se em Aveiro que o prefeito, quando reuni com o legislativo, não faltam ameaças ao parlamentares, chegando a haver agressões verbais.

A imagem pode conter: texto


Texto adptado da postagem de www.itafm.com.br

Reações:

3 comentários:

Anônimo disse...

Em Aveiro é sempre assim, os caras se elegem devendo deus e o mundo, depois as contas começam a chegar, aí tem que se virar pra pagar os aliados de campanha, e quem sofre é o povo.

Unknown disse...

“Um voto é como um rifle: sua utilidade depende do caráter de quem usa”.

THEODORE ROOSEVELT,

Anônimo disse...

Eu nunca seria prefeito de Aveiro, aquilo é um burro selvagem.