16 de abril de 2018

ITAITUBA/PA - A PREFERÊNCIA É DE QUEM SE LASCA PRIMEIRO

O título deste post vem de uma frase de um amigo, dita em um grupo de WhatsApp quando debatíamos acerca dos constantes acidentes de trânsito e a total falta de respeito às placas de sinalização e, nem bem foi esquecido o acidente entre um ônibus e uma motocicleta, que levou a óbito uma criança, deixando toda a cidade consternada, o dia de hoje foi repleto de acidentes.

O atual governo, em parceria com o Estado, sinalizou diversas ruas da cidade com sinais de trânsito verticais, horizontais, além de diversos semáforos mas, basta dar uma pequena volta pela cidade para se v~e muitos motoristas analfabetos funcionais em relação à sinalização do trânsito: é 'neguim' ultrapassando pela direita, mudando de faixa ou fazendo conversão sem o devido sinal, 'furando' sinal vermelho; mas o tem o analfabeto funcional leso, que é àquele que, quando o sinal está verde, ele vai bem devagar e só passa pelo sinal quando está quase no vermelho.
Imagem: Junior Ribeiro

Pois bem, a tremenda falta de respeito ao trânsito e, consequentemente à vida, sendo que o primeiro do dia de hoje ocorreu nesta manhã desta na rod. Transamazônica com rua 16ª e envolveu duas a camionetes e, de acordo com informações colhidas pelo blog do confrade Júnior Ribeiro, o condutor identificado apenas pelo nome de Marcos estava conduzindo a sua camionete Toyota Hilux de cor preta, seguindo na rodovia federal sentido aeroporto, quando cruzou à sua frente uma outra camionete Toyota Hiluz prata, conduzida pela senhora Iderlene de Oliveira Ribeiro de 44 anos de idade, atravessou a rodovia, onde as duas caminhonetes colidiram-se; com a violência do choque, o carro prata capotou até parar no acostamento. Mais um acidente causado pela negativa em atender as sinalizações ou colocar em prática as normas de trânsito. Mais uma analfabeta funcional!
Imagem: Plantão 24 horas
O segundo acidente aconteceu meia hora depois, quase no mesmo local, ou seja na Rod. Transamazônica com a rua 17ª entre um carro gol preto, de placas OTY 5922 e uma motocicleta; os militares do Corpo de Bombeiros foram acionados e conduziram a vitima da motocicleta para o Hospital Municipal de Itaituba; ainda não se tem a identidade desse acidentado; já são dois analfabetos funcionais do trânsito!


E, como a noite é uma criança e a imprudência é parceira dos analfabetos funcionais do trânsito, teve tempo para mais um acidente,  que aconteceu por volta das 18 horas, na rua 25ª logo após a trav. Carlos Sarmento (que uns chamam de São José), envolvendo uma moto e um carro. O acidente foi de proporção grave, pois o condutor da motocicleta, Marcos de Oliveira Moraes, de 21 anos, teve parte da perna esquerda dilacerada pelo violento choque, que também atingiu o pé esquerdo, com fratura exposta. 
Imagem: Junior Ribeiro
Militares do Corpo de Bombeiros foram acionados e realizaram os primeiros atendimentos na vítima, com a imobilização da perna fraturada e, em seguida, o condutor ferido foi levado para o Hospital Municipal. Pessoas que estavam nas proximidades não souberam precisar quem estava certo ou errado. Esse foi terceiro acidente desta segunda feira, 17 e, neste caso, não se sabe quem é o analfabeto funcional do trânsito.

A imagem da fratura acima não foi borrada para mostrar uma das causas dos acidentes de trânsito; esse rapaz pode perder a perna; a família da mocinha do residencial Wirland Freire, até chora a morte da criança. Porém, apesar de tudo isso, o que mais se vê é o uso coletivo das motocicletas, sendo que tem um  mototaxista oferecendo seus serviços para até dois passageiros, inclusive crianças.

Infelizmente muitas famílias ainda vão chorar, enterrar entes queridos; uns, com um pouco de 'sorte', terão pessoas da família com membros amputados.

Mas segue o fluxo, pois a preferência é de quem se lasca primeiro!!

Post com texto adaptados de matérias dos blogs de Junior Ribeiro e Plantão 24 Horas!

Reações:

3 comentários:

Anônimo disse...

Meus parabéns !!!
Falou tudo o que tinha que ser dito.
É incrível o comportamento dos motoristas que transitam pela cidade.

Falta mais fiscalização, educação e respeito geral mesmo...

Anônimo disse...

Concordo com seu brilhante texto! Existem muitos "analfabetos" do trânsito, mas, também, e preocupante a falta de planejamento por parte dos órgãos de trânsito. Desligaram todos os semáforos e não deixaram 01 (Um) agente de trânsito para controlar o fluxo nos cruzamentos (já se passaram mais de 30 dias). Vão esperar acontecer um acidente grave para colocar os agentes no lugar dos semáforos apagados?

Norton Sussuarana disse...

Caro(a)s amigo(a)s, muito obrigado pelos elogios e por acompanhar o blog que, aos poucos vou colocando em dias. Este post é uma realidade infeliz de nossa cidade; é triste ver como muitas pessoas dirigem sem se preocupar com sua própria vida e com a de terceiros. Falta educação, fiscalização e punição, pois os realmente punidos são as vítimas e nós, que pagamos os tratamento dos envolvidos no acidente.