14 de dezembro de 2017

É MENTIROSA NOTÍCIA DA MORTE DE MATADOR DE ALBENOR!

155 detentos fogem do presídio de Abaetetuba, no Pará

A fuga aconteceu na noite de quarta-feira, 13, no presídio de Abaetetuba, no nordeste do estado. Segundo a Susipe, 9 foram recapturados e um morreu durante confronto com a polícia.

Por G1 PA, Belém

14/12/2017 16h00 Atualizado há 31 minutos

145 detentos fugiram do Centro de Recuperação Penitenciário de Abaetetuba, no nordeste do Pará, na noite de quarta-feira (13). (Foto: Agência Pará)

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) confirmou nesta quinta-feira (14) o número de detentos que fugiram do Centro de Recuperação Penitenciário de Abaetetuba (CRRAB), no nordeste do Pará, na noite de quarta-feira (13). Ao total, 145 presos estão foragidos do presídio.

De acordo com a Diretoria de Administração Penitenciária da Susipe, 155 detentos fugiram, mas nove foram recapturados e um foi morto em confronto com os policiais. Antes da fuga em massa, o CRRAB tem capacidade para 120 detentos, mas custodiava 345.
Robson era conhecido como "cabo", possivelmente foi morto após a fuga, pelos outros detentos. Robson morava no bairro Elcione Barbalho, em Santarém Imagem: Folha do Progresso
Segundo a Susipe, os detentos renderam três agentes prisionais que estavam na ronda de plantão, após simularem um pedido de socorro a um preso, que supostamente estaria passando mal.

No momento em que destrancaram a cela, os servidores foram rendidos por presos já armados e foram utilizados como reféns para garantir a fuga. No momento da ação, três policiais militares faziam a segurança da unidade prisional, mas não puderam intervir para garantir a integridade física dos servidores. Os presos danificaram equipamentos e estrutura física da unidade prisional, fugindo pela área de mata do bloco semiaberto.

Uma equipe do Grupamento Tático Operacional da PM foi acionada para reforçar a segurança no local. Uma revista estrutural foi realizada na manhã desta quinta-feira (14) na unidade prisional, após o término da recontagem de presos.

A Corregedoria Penitenciária da Susipe abrirá sindicância administrativa para apurar a fuga. Um inquérito policial também será aberto para investigar o caso.

Nota do Blog: Este blogger participa de vários grupos de Whastapp e em bem poucos houve menção de que o morto seria o Bruno, matador do prefeito de Tucuruí e do empresário Albenor Moura, de Itaituba.

Reações:

0 comentários: