19 de novembro de 2017

ITAITUBA/PA - HOMEM É PRESO POR INDICAR LOCALIZAÇÃO DE BLITZ EM WHATSAPP. MAS ESTÃO CRIMINALIZANDO O DETRAN!

Itaituba: Agentes do DETRAN prendem em flagrante homem estava divulgando Blitz nos grupos de Whatsapp.


Na madrugada de domingo um homem foi preso por estar divulgando blitz em um grupo de whatsapp. Esse grupo já vinha sendo monitorado pela polícia; a blitz divulgado no grupo de Whatsapp 'Blitz Itb 2' acontecia na av. Nova de Santana, em frente à loja Maradisco, quando os agentes notaram um homem em atitude suspeita em frente a referida loja e ficaram observando-o, até o suspeito enviar um áudio no whatsapp sobre a blitz, quando os agentes ouviram e, ato seguinte, foram até o homem e deram-no voz de prisão por estar divulgando as blitz em redes sociais e obstruindo o serviço de segurança pública.

Durante a prisão, o suspeito ainda conseguiu avisar no grupo que estava sendo preso por divulgar a blitz, o que causou uma evasão em massa dos membros do grupo; a administradora do grupo apagou a foto e mudou o nome de contato rapidamente; o caso está sendo investigado pela polícia civil. Fonte: Detran Itaituba.

Em Itaituba é bastante comum pessoas informarem os locais de blitz, como se estivessem prestando um bom serviço à comunidade; não sabem, ou fingem não saber, que sua atitude beneficia apenas e tão-somente quem deseja burlar a lei, como os menores de idade, desabilitados e, principalmente, os vagabundos que andam motorizados com veículos roubados.

O que se deve lamentar, também, é a atitude de certas pessoas que estão criticando o DETRAN por ter feito a prisão desse suspeito; esquecem que nossa cidade estava um caos total, com várias mortes no trânsito, chegando ao absurdo de 37 óbitos e, essas pessoas que agora criticam tal atitude do órgão de trânsito, são as mesmas que pediram mais fiscalização. Vai entender!! Uns chegam ao absurdo de dizer que, por ser final de ano, os agentes de trânsitos estão nas ruas para 'garantir' seu Natal. Fingem, também, não saber que é nesse período que há muita movimentação no trânsito e, do jeito que estava caminhando o aumento de mortes no trânsito, que mais fiscalizações aconteçam. Serão menos famílias chorando, menos gastos de recursos públicos!!

"Quando se avisa de uma blitz, se presta um desserviço à população. E utilizar as redes sociais para esse fim é crime previsto em lei. Quem avisar sobre blitz pode ser enquadrado por atentado contra a segurança ou ao funcionamento de serviços de utilidade pública. O crime está previsto no artigo 265 do Código Penal.25 de fev de 2015 -  CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940.

Art. 265 - Atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outro de utilidade pública: Pena - reclusão, de um a cinco anos, e multa. Parágrafo único - Aumentar-se-á a pena de 1/3 (um terço) até a metade, se o dano ocorrer em virtude de subtração de material essencial ao funcionamento dos serviços. (Incluído pela Lei nº 5.346, de 3.11.1967). Interrupção ou perturbação de serviço telegráfico ou telefônico Interrupção ou perturbação de serviço telegráfico, telefônico, informático, telemático ou de informação de utilidade pública (Redação dada pela Lei nº 12.737, de 2012) Vigência.




Fonte: Junior Ribeiro e DETRAN-PA
Adaptado de postagem de Junior Ribeiro

Reações:

3 comentários:

Anônimo disse...

Tinham que prender todos os que deram informações neste grupo. Precisa de uma mudança de consciência já em Itaituba.

Anônimo disse...

Precisa pagar ipva, andar devidamente habilitado, deveria ser obrigado toda família ter um código de trânsito em casa contar essa história desde cedo para a criançada

Anônimo disse...

Que burro,da zero pra ele.....