4 de setembro de 2017

ITAITUBA, SUDOESTE DO PARÁ, NÃO É MAIS NOSSA!!

Dois homens estão fazendo arrastão em uma moto....!!

Mulher hoje foi assaltada em frente ao supermercado. Vagabundos colocaram arma na cabeça da mulher!!

Ladrão assalta mulher em frente a sua casa. Levou o celular e ainda deu uma coronhada...!!

Ladrões jogam mulher da moto para roubar o veículo..!!!

Ladrões fazem família de refém..!!!!

Hoje fui assaltada em plena luz do diz..!!

A gente trabalha tanto para uns vagabundos virem roubar a gente..!! Graças a Deus foram apenas perdas materiais!!!

Ultimante as redes sociais refletem o cotidiano de um itaitubense e apenas lendo as notícias, pensa-se logo que o narrado acima é em uma cidade com seus 2, 3 milhões de habitantes. Ledo engano! Estamos em Itaituba, sudoeste do Pará, cidade com aproximadamente 120 mil habitantes, mas com as mazelas de uma cidade grande em relação aos crimes, principalmente os de encomenda pelo tráfico de drogas, pois se sabe há muito tempo que os garimpos e a drogas são irmãos siameses; porém, antigamente, a droga mais usada era a maconha, de baixo valor agregado, o que não atiçava tanto a cobiça pelo controle dos pontos de venda das drogas; hoje, com as vendas institucionalizadas em pontos fixos,  - e parece que os únicos que não sabem são os órgãos repressores-, o comércio da droga ficou muito mais lucrativo e como consequência direta, as mortes por execução com tiros na cabeça, típico das execuções entre traficantes.
Da esquerda para a direita: Cel. Lacerda, Delegados José Bezerra e Jardel Guimarães, Davi Menezes, vereador Isaac Dias e sec. de Governo, Valfredo Maques.
Autoridades policiais, governo municipal, OAB, Câmara de Vereadores debatem recrudescimento da violência em Itaituba/PA - Reunião feita em 2015
E, para piorar nossa sensação de insegurança, alguns policiais dizem que não devemos andar expondo joias, celulares e outros itens que possam chamar a atenção desses 'trabalhadores' que estão infestando nossa cidade, porque corremos o risco de sermos assaltados; caso reaja, você pode morrer!; quando um policial afirma o dito acima, ele passa atestado de insegurança total, de que os bandidos tomaram conta de nossa cidade e só nos resta ficarmos trancados, e sem indultos. Mas para algumas pessoas, o indulto é uma forma  desses 'trabalhadores' se ressocializarem; uma pena que quem morre não possa ter essa segunda chance tanto defendida pelos associados dos direitos humanos.

Hoje mataram por engano o Tiago Cardoso, rapaz de 25 anos, filho dos amigos Cece e Maria Antônia em plena luz do dia, na frente de seu pai, e em local bastante movimentado; rapaz de boa índole e trabalhador, filho de pais corretos e trabalhadores; também mataram uma criança por engano no Vale do Piracanã em 2015, pois o alvo era uma bandido; Essas mortes de inocentes e as centenas de assaltos ao mês, em plena luz do dia, demonstram cabalmente que os bandidos não temem ninguém. Assim como o da criança, a morte de Tiago ficará impune?

O pai de Tiago, de camionete, ainda saiu atrás dos bandidos, que desferiram alguns tiros no carro.

Infelizmente hoje foi o Tiago! Quem será o próximo inocente? Qual será a família que lamentará a perda de um ente trabalhador, querido e tão novo? Quando vamos ter o direito de ir e vir sem sermos agredidos por vagabundos que infestam nossa sociedade?

Em 2015, via reportagem com o major da PM Lacerda, este blog falou sobre a fixação em nossa região de uma célula do Primeiro Comando da Capital-PCC e em 2016, em conversa particular com um delegado amigo, este me relatou que em reunião com o comando da segurança público do Pará e após explanar sobre a migração dos criminosos de Altamira/PA para a cidade de Itaituba, o pessoal da capital não fazia a mínima ideia do que ocorria em nossa região em relação à violência. E continuam não sabendo. Sabe-se que esses bandidos abriram as portas para esse tipo de criminalidade. A vida está banalizada! 

Precisamos urgentemente que nossos deputados se unam e tragam mais policiais, principalmente para a Polícia Civil, haja vista que o quadro de policiais da 19ª Seccional de Polícia Civil é reduzido, além de atender Jacareacanga, Novo Progresso, Aveiro e toda a região de garimpo; tragam a Força Nacional!. Estamos fartos de tanto descaso em período não eleitoral!!

Reações:

0 comentários: