26 de julho de 2017

ITAITUBA/PA - CACHAÇA 'CAUSA' MAIS UMA MORTE NO TRÂNSITO



O acidente aconteceu na manhã desta quarta feira, 26, por volta das 7h e o acidente envolveu um carro e duas motos. 
Vítima que foi a óbito

Segundo informações, o carro Celta que estava sendo conduzido por Marcos Aldrin Silva Santos, 23 de idade, trafegava pela rodovia Transamazônica, perímetro urbano, quando na altura do km 03, quase em frente à usina de asfalto, teria invadido a pista contrária  e atingido duas motos, sendo uma de um mototáxi e outra, uma Honda Biz 125 que estava sendo conduzida por Luciene Alves de Sousa, de 43 anos, que estava em sentido contrário e que, após violento choque foi arremessada a vários metros do local da batida e, mesmo estando de capacete, a pancada foi tão violenta que não resistiu e veio a óbito. Militares do corpo de bombeiros ainda estiveram no local, mas ali estava mais uma vitima do trânsito itaitubense.
Causador da morte de Luciene

Após o acidente muita gente se aglomerou no local. Policiais Militares também estiveram no local e ao vistoriar o carro possível causador do acidente, foi encontrado frascos de bebidas alcoólicas dentro do veiculo. O motorista que estava com sintomas de embriaguez, é um militar do Exército brasileiro lotado no 53o BIS; ele foi preso e levado para a delegacia de policia para os procedimentos legais.

LIVRE❗ LIVRE❗
O jovem Marcos Aldrin Silva de 23 anos estava preso na delegacia de polícia de Itaituba após se apresentar como condutor do veículo que em acidente tirou a vida de Luciene Souza na manhã desta quarta-feira (26). Segundo informações do delegado Beleza, por volta das 11:30 desta manhã o jovem pagou fiança de 02 salários mínimos e foi liberado e responderá processo em liberdade. Marcos fez exames para saber o teor de álcool no sangue, se comprovado que ultrapassou o limite máximo permitido para quem dirige ele responderá por homicídio no trânsito, mas isso não trará de volta a vida de Luciene. (Giro Portal).

Reações:

4 comentários:

Anônimo disse...

Se esse idiota estava mesmo alcoolizado deveria ter sido enquadrado com crime doloso pois o mesmo ao dirigir um veículo alcoolizado assumiu o risco de matar. Agora quero ver qual será as providências tomadas pelo Exército brasileiro, pois pelo meu entender não sei se é certo mas acho que a polícia deveria ter avisado o comandante e entrega lo a polícia do exército para tomar as providências.

Lenne Vasconcelos disse...

Que Deus conforte o coração dos familiares dessa senhora e que a justiça seja feita.
Esse delegado Beleza e novo em Itb?

Anônimo disse...

Ao resposavel pelo blog ta de parabéns pela reportagem,mas acho que voce deveria se atualizar porque o marcos aldrin não está solto . Ele estar preso no 53 BIS!

Norton Sussuarana disse...

Caro anônimo, muito obrigado pela visita, porém como estou de férias e as postagens estão sendo feitas via meu celular, fica difícil fazer atualizações constantes. Assim que publiquei está matéria, logo depois o rapaz foi preso. Está de parabéns o juiz ao assim proceder, pois no Brasil se você quiser matar alguém e não ser preso, é só jogar um veículo sobre a pessoa..