30 de junho de 2017

CASO OSMANDO - ADVOGADO DE DEFESA REPUDIA VAZAMENTO DE IMAGEM DE SEU CLIENTE EM PRESÍDIO

ADVOGADOS DE OSMANDO FIGUEIREDO ACIONAM O BLOG PARA REPUDIAR VAZAMENTO DE IMAGEM NÃO AUTORIZADA DE DENTRO DO PRESÍDIO DE SANTARÉM. "O COMPARTILHAMENTO POR PESSOAS NÃO AUTORIZADAS EM GRUPOS DE WHATSAPP OU REDES SOCIAIS, PODE VIM A SER RESPONSABILIZADO CRIMINALMENTE", ENFATIZOU OS ADVOGADOS

Foto vazada de dentro do presídio vai ser investigada

Está rolando em grupos de Whatsapp, a foto do advogado Osmando Figueiredo, em sua chegada no Centro de Triagem do presídio de Cucurunã em Santarém. Osmando foi preso ontem ao descumprir medida protetiva contra sua ex-esposa.

Em contato com o blog agora a tarde por telefone, os advogados de Osmando mandaram essa nota ao blog repudiando a situação no qual seu cliente foi exposto. Eles encaminharam uma petição ao Fórum de Santarém e ao Conselho Federal da OAB em Brasília, na pessoa do procurador nacional de prerrogativas, Cláudio Alencar. 

O compartilhamento por pessoas não autorizadas em grupos de whatsapp ou nas redes sociais, pode vir a ser responsabilizado criminalmente. 

Veja abaixo a petição protocolada no Fórum e mandada para o Conselho da OAB em Brasília:

"JOSÉ OSMANDO FIGUEIREDO, através de seus Advogados que ao final assinam, vem trazer a conhecimento do juízo o vazamento das imagens de ingresso do peticionante na casa penal a qual está ilegalmente recluso, art. 7, V do EOAB, haja vista não ser o estabelecimento a qual faz jus na condição que ostenta de ser regularmente inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil conforme petitório atravessado aos autos nesta data.

Assim, o efetivo prejuízo por não estar em sala de estado maior, se mostra evidente, tendo em vista a exposição vexatória de sua imagem despido no interior de uma casa penal e compartilhado em redes sociais, desta forma está demonstrada que já não houve respeito a sua integridade moral e considerando que se encontra recolhido em cela comum com mais outros três detentos, sua integridade física encontra-se em eminente risco.

Alexandre Paiva e Raimundo Nonato de Sousa Castro, advogados"




Reações:

0 comentários: