16 de maio de 2017

COMO SE PROTEGER DE ATAQUE CIBERNÉTICO

Atualização liberada pela Microsoft protege computadores do ransomware, software malicioso responsável pelo último ataque cibernético; veja como instalar

Por Carolina Ingizza* - O Estado de S.Paulo

Microsoft liberou uma atualização para o Windows que protege usuários do Ransomware. 

Leia mais

Após os ataques cibernéticos da última sexta-feira, 12, que afetaram empresas na Europa, no Brasil e também na Ásia, os engenheiros da Microsoft adicionaram informações de detecção e proteção nas atualizações do sistema contra o software malicioso que causou os ataques no mundo, o Ransom:Win32.WannaCrypt.

As informações foram liberadas ainda na sexta-feira e são uma proteção extra contra malwares dessa natureza, os ransomware. Em março de 2017, a companhia já havia liberado uma atualização de segurança que protegia os computadores desse malware.

Os computadores que foram afetados pelo problema estavam com a atualização pendente, o que permitiu a entrada e propagação do ransomware. No entanto, a Microsoft informa que os usuários que estiverem utilizando a última versão do Windows Defender, antivírus gratuito da empresa, e que tenham habilitado o Windows Update estão protegidos. Já quem não fez as atualizações, precisa fazer a disponibilizada na sexta-feira — que já engloba a liberada em março — o quanto antes.



Como atualizar o Windows 10.
O processo para atualizar é bastante simples. Para usuários do Windows 10, basta acessar o menu Iniciar e usar a busca interna do Windows para pesquisar a expressão “verificar se há atualizações” e entrar no link de mesmo nome. Na próxima tela, é só apertar o botão “verificar se há atualizações” e instalar a última mostrada pelo Windows Update.


Como instalar atualizações no Windows 7 e 8.
Para aqueles que usam versões mais antigas do sistema, como o Windows 7 ou o 8, basta procurar por “Windows Update” na barra de pesquisa do Windows, entrar na página correspondente, clicar em “procurar atualizações” e instalar a foi que disponibilizada na última sexta-feira.

*É estagiária, sob a supervisão da editora Claudia Tozetto

Reações:

0 comentários: