14 de fevereiro de 2017

ITAITUBA/PA - VEREADOR PENINHA DESMENTE BOATOS SOBRE PACOTE PROPAGADOS POR ADVERSÁRIOS!

O vereador Peninha, PMDB, ao discursar da tribuna da Câmara, falou sobre uma informação que está circulando nas redes sociais, principalmente pelo Whatsaap.

Trata-se de um texto sobre um projeto de lei que o prefeito Valmir Clímaco estaria preparando para mandar para à Casa de Leis.

De acordo com o boato, um pacote de maldades mudaria algumas leis municipais que prejudicariam enormemente servidores municipais efetivos, retirando deles conquistas que foram obtidas, algumas delas, com muita luta. Peninha disse que isso é coisa de pessoas para as quais a campanha eleitoral ainda não acabou.
Afirmou o edil, que isso nunca passou pela cabeça do prefeito fazer um projeto de leis acabando com as conquistas dos servidores. O boato teve grande repercussão, fazendo com que servidores públicos municipais ficassem muito preocupados.

Um servidor que esteve na Câmara, hoje, perguntou para a reportagem do blog, se o tal pacote de maldades já teria sido entregue na Casa de Leis. Foi informado que o vereador que é apontado como líder do governo, havia afirmado que a notícia não tem veracidade alguma. 
A seguir, o blog publica a nota que está circulando nas redes sociais, as quais tem alguns absurdos, que não condizem com a realidade, como por exemplo, os sindicatos que representam os (SINTEPP, SINDSAÚDE e SIMSERMI) servidores aceitarem pacificamente essas verdadeiras aberrações.
-------------------------------------
"PREFEITO VALMIR CLÍNICO ENVIARÁ PARA CAMARA O PACOTE DE MALDADES. 

Diferente dos demais  prefeitos paraenses e até mesmos dos seus vizinhos como os prefeitos de Aveiro e Placas que agiram sorrateiramente e suspenderam todos os direitos e vantagens dos trabalhadores dos seus municípios, o  prefeito Valmir Climaco enviará para a Câmara de vereadores um pocote de projetos de leis que terá como objetivo promover o enxugamento das despesas públicas no município, inclusive com pagamento de pessoal.
Dentre as medidas pretendidas está a DEMISSÃO VOLUNTARIA para o servidor que por ventura não concorde com as demais medidas austeras, e segue como o não rejuvenescimento de salários por um período mínimo de 10 anos e máximo de 20 anos; anulação  das progressões Horizontal e Vertical que foram efetivadas desde 2008; criação do Instituto Próprio de Previdência  (IPMI) com contribuição funcional superior a que é cobrada hoje pelo INSS; revogação do PCCR integrado dos Trabalhadores da Educação e criação do Estatuto do magistério; anulação dos Atos de Enquadramento dos servidores operacionais e de apoio da Educação que a partir da aprovação do pretendida lei retornaram para o quadro de funcionários da Administração Direta,  dentre outras medidas.
O Prefeito Valmir Climaco prever que não terá dificuldades para aprovar as medidas de contenção de despesas, pois já alinhavou conversas com todos os sindicatos e a Câmara de Vereadores e todos manifestaram apoio às medidas como forma de garantir os empregos, mas caso aja resistência de algum organismo, o prefeito diz que aplicará a lei e demitira concursados conforme autorização do Diploma legal disposto na Constituição Federal do Brasil." (Postado por José Parente de sousa)

NOTA DO BLOG: Sobre esta nota acima, que vem com vários erros de gramática, a Procuradoria do município não tem conhecimento de tal 'projeto de lei', mas o que admira é ter sido compartilhada por pessoas que se dizem formadoras de opinião, mas são apenas pessoas descompromissadas com Itaituba. Vejam alguns prints desses formadores de opinião, que se encontram no corpo de tal postagem!

Reações:

0 comentários: