8 de fevereiro de 2017

ITAITUBA/PA - OURO MINAS SE MANIFESTA ACERCA DA OPERAÇÃO CRISOL DA POLÍCIA FEDERAL NA EMPRESA!!

O GERENTE DE LOGÍSTICAS DA OURO MINAS DEU UMA ENTREVISTA COLETIVA SOBRE A OPERAÇÃO DA POLICIA FEDERAL REALIZADA NA EMPRESA EM ITAITUBA.

Sr. Gonçalves, gerente de logística da Ouro Minas Itaituba
Na operação Crisol realizada hoje em Itaituba, a Polícia Federal ficou por mais de 4 horas dentro do prédio da Ouro Minas em Itaituba, tempo em que vasculhou documentos, computadores e ouviu os funcionários da empresa. E, diante das notícias veiculadas em vários jornais locais e blogs, no final da tarde desta quarta-feira, 08/02, o gerente de logística da empresa Ouro Minas DTVM, Raimundo Oliveira Gonçalves, convocou a imprensa para uma coletiva para falar sobre a operação realizada pela Polícia Federal na compra de ouro e, segundo o gerente, o objetivo da operação era fiscalizar se estava havendo extração, compra e transporte de ouro de forma irregular na Ouro Minas de Itaituba.

De acordo com o gerente, o trabalho da empresa continua normalmente após a operação da Polícia Federal, pois não houve nenhum impedimento na atividade de compra de ouro. Ressaltou o gerente que Polícia Federal não citou em momento algum o nome de sua empresa, porém, por ser uma das maiores empresas do ramo de distribuição de valores do país, tornou-se o principal alvo da investigação.

Gonçalves também disse que todo o processo de compra de ouro feito pela empresa é executado dentro da legalidade e que a Ouro Minas só compra ouro de áreas legalizadas, negando, ainda, que tenha sido apreendidos documentos, ouro ou dinheiro na operação realizada em Itaituba. Finalizou dizendo que operação da Polícia Federal servirá para que outras empresas procurem trabalhar na legalidade.

Reações:

0 comentários: