23 de fevereiro de 2017

ITAITUBA/PA - DE NOVO, MATIAS??

A sorte abandonou o auxiliar administrativo da Prefeitura de Itaituba, que se diz lotado na Diretoria de Esporte e Cultura (informações retiradas da página pessoal no Facebook de Matias Laf, como é identificado - https://www.facebook.com/raimundo.matias.92?fref=ts!), mas que em contato com a direção da Diretoria, Matias Laf não é servidor da PMI, seja como efetivo ou temporário!

Primeira moto furtada em poder de Matias!
Pois bem, no dia 10 do mês em curso, Matias Laf foi preso por estar na posse de moto furtada com a placa e cores adulteradas (imagem à esquerda) e noticiada aqui neste blog, sendo que por causa da repercussão desse evento, Matias Laf publicou sua versão em seu perfil na página do Facebook sobre o caso, imagens abaixo. 

Aqui, abro um espaço para essa sua versão: no dia de sua prisão, sua mãe ao saber do valor da fiança, cinco salários mínimos (R$4.685,00), entrou em desespero por não poder arcar com tal valor e se dizendo pobre, e que seu filho não era bandido, mas disse que seu filho comprou a moto BIZ de um homem desconhecido e que após pagar a moto, esse homem sumiu! Entretanto, na sua versão, Matias Laf disse que comprou a moto em duas parcelas de um desconhecido(?). Porém, como um desconhecido vende um veículo em duas parcelas? Quais garantias o desconhecido vendedor teve de Matias para receber a segunda parcela? Finalizando, mesmo diante de alegada pobreza, Matias não ficou preso: sinal de que pagou a fiança!! E onde ficou a pobreza de Matias?
Pois bem, apesar de alegar e alardear inocência, ser trabalhador e exemplo de homem, conforme postado em seu Facebook, Matias Laf foi novamente preso em flagrante no dia 21/02 após ser denunciado por um jovem, preso com moto POP furtada e acusando Matias de ter vendido a ele o veículo furtado. A polícia ao chegar à casa de Matias, encontrou mais duas motos furtadas, sendo que todas as três motos estão com chassis adulterados, conforme o delegado responsável pelo caso.

Na 19ª Seccional de Polícia Civil, na presença do delegado Konrad, o mesmo da primeira prisão (!), Matias novamente alegou não saber de nada (!), porém foi enquadrado por receptação e adulteração de chassis. Em conversa com o delegado do caso, Dr. Konrad, este disse que Matias iria para audiência de custódia e somente a Justiça poderia determinar se Matias iria ser liberado ou 'descer' para o presídio!

Porém, em audiência de custódia, Matias, apesar de alegada pobreza e de residir em casa do residencial Wirland Freire com piscina, onde recebe amigos(!), pagou R$8 mil como indenização às suas vítimas e vai responder mais esse processo em liberdade!

O blog, diante dessa segunda prisão de Matias, fez uma pequena visita em sua página do Facebook e lá consta ocupação na PMI, mas desmentida pela Diretoria de Esporte, apesar de constar em tal página várias postagens de Matias passando-se por servidor de tal Diretoria; também não consta outra atividade anterior a essa mencionada em seu perfil, porém constam fotos de sua casa em residencial popular ofertada pelo governo federal a pessoas de baixa renda. Agora, pergunta-se: será que os amigos irão postar no face de Matias palavras de solidariedade, de ofensas aos policiais chamando-os de corruptos? Será que o blog que postou sua alegada inocência irá fazer retratação?

Abaixo, imagens das motos furtadas e da boa vida de Matias!!



Reações:

0 comentários: