4 de setembro de 2016

CONCURSOS - PARÁ TEM 1.357 VAGAS

É hora de dedicar todas as forças nos estudos, para os 12 concursos públicos com inscrições abertas no Estado. (Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil)

Quem busca uma vaga no serviço público deve ficar de olho, pois há 12 concursos abertos no Pará, com 1.357 vagas ofertadas. Os cargos vão do nível fundamental ao superior e chegam a ter salários de quase R$ 10 mil. Quem tentará uma delas é a engenheira de produção Helda Suzy Coelho, 36 anos. 
Em setembro de 2014, ela foi demitida de uma empresa de telecomunicação em que trabalhava, em Belém. Para ela, 2015 foi um ano de buscar outro emprego, mas não conseguiu. No início de 2016, ela resolveu mudar o foco. Apostou em estudar para concursos. O último ao qual ela concorreu foi para oficial da Polícia Militar, e não passou. 
Porém, Helda não desistiu e continua se dedicando para conquistar uma vaga, desta vez, na Policia Civil, que teve as inscrições encerradas no último dia 21 e oferece salários até R$12 mil. “Passar é uma realização. É garantir estabilidade e um bom salário”, garante. 

FOCO
Através de foco e esforço, este ano, Isaías Miranda Silva, 25, conquistou uma vaga pública. Ele passou no concurso da PM, para soldado, porém continua a estudar. “Quero passar na Policia Civil. O salário é melhor”, explica. Isaías é formado em Logística, também já foi aprovado no concurso no Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), mas não ocupou a vaga. 
Hoje, ele dá dica aos colegas: “É preciso dedicação e persistência. Uma hora conseguimos”, detalha. Ele já vem estudando desde 2012, mas para o da PM intensificou o ritmo. “Passava 12 horas no cursinho. Acabava a aula e eu continuava estudando”, diz. 
Já o pedagogo Fernando Cabano, 37, está otimista com o número de vagas e as possibilidades de outras abrirem. Atualmente, ele estuda para ser investigador da PC. Entretanto, espera uma oportunidade nas secretarias municipais de Belém. “Temos de aproveitar enquanto as vagas estão sendo ofertadas, pois estamos em crise”, lembra. 
Para o coordenador de um cursinho em Belém, Jorge Soares da Costa, 39 anos, o aluno deve estudar antes da publicação dos editais. “Quando as vagas são ofertadas, o período é curto até a prova”, lembra. Ele ressalta que, além dos concursos com inscrições abertas, há possibilidade de outros serem abertos. Por isso, é necessário foco e pelo menos, 4 horas de estudo diários, além da orientação de um cursinho “Estamos com a perspectiva de 6 novos concursos, em prefeituras e no Estado, ainda para este ano”, reforça. 

7 DICAS PARA CONSEGUIR UMA VAGA
- Foque no concurso que você quer prestar. Que requisitos e conteúdos são exigidos por aquele concurso?
- Fique atento à banca que organizará o certame que tem interesse. O ideal é tentar identificar qual a linguagem e o estilo utilizados por aquela banca. 
- Baixar as provas realizadas anteriormente pela banca pode ser uma boa forma de ganhar familiaridade com a abordagem da equipe organizadora. 
- Inicie os estudos. Munidos dessas informações básicas, a preparação em cima do conteúdo deve ser mais eficaz. 
- Alie os estudos teóricos à resolução de exercícios. Quanto mais questões o candidato responder, melhor. 
- O ideal é que a preparação seja focada em um concurso com, pelo menos, um ano de antecedência. Quando os editais são publicados, os candidatos têm pouco mais de um mês para estudar. 
-Para que a preparação seja mais eficiente, é necessário que se mantenha continuidade nos estudos, sem interrupções.


(Roberta Paraense/Diário do Pará)

Reações:

0 comentários: