4 de julho de 2016

RIO DE JANEIRO/RJ - ASSASSINATO DE UNIVERSITÁRIO PARAENSE PODE SER CRIME HOMOFÓBICO

Assassinato de estudante da UFRJ pode ser crime homofóbico, diz polícia


03 Julho 2016

Segundo delegado, Diego Vieira Machado havia sido alvo de ameaças homofóbicas e racistas

Nas redes sociais, alunos da UFRJ iniciaram uma campanha por justiça

RIO - O delegado Fábio Cardoso, que atua na Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro e é responsável por investigar a morte do estudante Diego Vieira Machado, o crime pode ter motivação homofóbica. "Diego era homossexual e vinha recebendo ameaças homofóbicas e racistas nos últimos dias, então há uma linha forte de investigação que aponta que a motivação desse crime tenha sido homofobia", afirmou.

RELACIONADAS

O corpo do estudante foi encontrado no fim da tarde deste sábado (02) boiando na Baía de Guanabara, ao lado da Ilha do Fundão, onde fica o principal campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Como o corpo estava nu da cintura para baixo, a polícia investiga também se ele foi alvo de violência sexual.

Reações:

0 comentários: