23 de julho de 2016

3 comentários:

Anônimo disse...

O POLÍTICO E O POBRE EM TEMPO DE ELEIÇÃO
I
Meu amigo eleitor
vai começar a campanha
pobre é celebridade
de político sacana
II
Muito tapinha nas costas
muito aperto de mão
pobre fica importante
só em tempo de eleição
III
Candidato convida o pobre
para reunir no barracão
promete mundos e fundos
planta no pobre uma ilusão
IV
Nessa conversa bonita
o pobre esquece a humildade
sai endeusando o político
por toda comunidade
V
Com a beirota no bolso
o pobre se enche de graça
troca o voto de outro pobre
por um litro de cachaça
VI
O político esperto
bota o pobre num carrão
e manda ele inventar conversa
que tá ganha a eleição
VII
O pobre sai pela rua
e fala para o pobre conhecido
que agora ele tá por cima
tem emprego garantido
VIII
O político sabido
depois do dia da eleição
com o mandato garantido
não atende ligação
IX
O pobre enganado
de ressaca e preguiça
larga o político de mão
e volta para a juquira
X
E assim termina esta prosa
do político sabichão
pois pobre só é importante
pelo tempo de eleição

Anônimo disse...

A Eliene fez muito isso na eleição passada usou o pobre deu Abraço deu Beijo e depois quando ganhou deu um chute da bunda dos pobres que votaram nela. O pobre com a Eliene caíram no canto da sereia. Kkk

Anônimo disse...

A Eliene fez muito isso na eleição passada usou o pobre deu Abraço deu Beijo e depois quando ganhou deu um chute da bunda dos pobres que votaram nela. O pobre com a Eliene caíram no canto da sereia. Kkk