24 de maio de 2016

VITÓRIA DO XINGÚ/PA - MELHOR PREFEITO DO BRASIL AGORA É ALVO DE INVESTIGAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL E OUTROS ÓRGÃOS!

Desvio em prefeituras é alvo de operação no Pará

NOTA DO BLOG: O prefeito de Vitória do Xingú, Erivando Amaral, popularmente conhecido como Vando Amaral, cantado em prosa e verso por seus assessores como o melhor prefeito do mundo, já tem uma condenação, dada por unanimidade pelas Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Pará "ordenar ou efetuar despesas não autorizadas por lei, ou realizá-las em desacordo com as normas financeiras pertinentes e adquirir bens, ou realizar serviços e obras, sem concorrência ou coleta de preços, nos casos exigidos em lei" e agora está na mira do Ministério Público Federal, Policia Federal, Controladoria Geral da União e Receita Federal por suspeita de fraude em licitação, um dos motivos de sua condenação. Parece que o produto Vando Amaral era só propaganda!!

Mandatos já estão sendo cumpridos em Vitória do Xingu, sudoeste do Pará (Foto: Felype Adams)

Na manhã desta terça-feira (24), foi deflagrada a Operação Lessons, pelo Ministério Público Federal, Policia Federal, Controladoria Geral da União e Receita Federal. O objetivo é desarticular esquema de desvio de dinheiro público em fornecedora de materiais didáticos para prefeituras.

Estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão, 3 de prisão preventiva, 3 de prisão temporária e 8 conduções coercitivas no Pará. As cidades de Belém, Marituba, Tomé-Açu, Acará, Inhangapi e Vitória do Xingu são os alvos da operação.

Foram detidos ainda Alberto Pereira Souza Jr., dono da empresa BR7; sua esposa Angélica Lima; Henron Melo de Souza; Mario Wilson Ribeiro Jr. e Washington Luis Lima. 

Quem também está sendo investigado é o radialista Nonato Pereira. Na casa dele, a Polícia apreendeu cerca de R$100 mil, US$ 1050 e maconha. Já há um mandato de prisão preventiva contra Nonato e ele é considerado foragido. Ele irá responder por associação criminosa e peculato.

As investigações originaram um relatório que apontou fortes indícios de fraude em processos de licitação, por uma empresa recém-constituída que prestava serviços como curso de inglês em salas de aulas móveis e para o fornecimento dos livros didáticos que seriam utilizados nas aulas.

As prefeituras envolvidas realizavam pagamentos à empresa contratada, mas os serviços eram prestados de forma precária e os livros didáticos eram vendidos às prefeituras a preços exorbitantes.


A Prefeitura de Marituba informou por meio de nota, que não tem contrato de serviço com a Empresa BR Editora, alvo da operação Lessons. O órgão disse que está contribuindo com as investigações disponibilizando os documentos necessários comprovando a legalidade do município no processo licitatório.

Radialista Nonato Pereira está foragido

(Foto: Divulgação)

Na manhã desta terça-feira (24), a Polícia Federal (PF) apreendeu cerca de R$100 mil, US$ 1050 e maconha na residência do radialista Raimundo Nonato Pereira, 53 anos, da MIX FM. 

A apreensão foi realizada durante a Operação Lessons, que busca desarticular esquema de desvio de dinheiro público em fornecedora de materiais didáticos para prefeituras. Foram detidos ainda Alberto Pereira Souza Jr., dono da BR7; sua esposa Angélica Lima; Henron Melo de Souza; Mario Wilson Ribeiro Jr. e Wahsington Luis Lima.

Já há um mandado de prisão preventiva contra Nonato e ele é considerado foragido. Ele irá responder por associação criminosa e peculato.


(DOL)

Reações:

0 comentários: