6 de abril de 2016

ITAITUBA/PA - VEREADORA CÉLIA PODERÁ PERDER VAGA NA CÂMARA POR INFIDELIDADE PARTIDÁRIA

PMN quer o mandato de Célia


Imagem: Internet
Ao apagar das luzes da janela que permiti o troca-troca partidário, a vereadora Célia Martins saiu do PMN, no qual já estava há muito tempo, filiando-se no PSB. Até aí, tudo aparentemente normal.

Ocorre que, segundo o próprio ex-partido da vereadora, ela não observou a lei das eleições e por essa razão o PMN, através da primeira suplente, professora Lurdinha, vai pedir o mandato de Célia na Justiça Eleitoral.
Lurdinha já fez o comunicado ao diretório estadual do PMN em Belém, pois era ela mesma quem tinha que provocar para que o partido provoque a Justiça Eleitoral.

Em entrevista ao jornal Focalizando (SBT), a vereadora Célia Martins disse que sua saída do PMN se deu em virtude da direção do partido não ter acatado decisão de seus filiados, acerca da não filiação do vereador Orismar ao PMN, o que gerou a infidelidade do partido, e não da vereadora!

Agora, aguarda-se novos lances desse embate mas, é certo que o tempo que a vereadora Célia Martins irá despender em sua defesa, prejudicará sua campanha para a reeleição, que não se mostra fácil, principalmente para os vereadores da base da prefeita Eliene Nunes.

Adaptado da postagem de José Parente de sousa

Reações:

0 comentários: