24 de março de 2016

ITAITUBA/PA - BRIGA PELO TERRENO ONDE ESTÁ A ASFITA!

ASFITA divulga nota sobre área da antiga Cobal

Na tarde desta quarta-feira (23), dois militares do Tático de Itaituba (Polícia Militar) visitaram o galpão da antiga COBAL, e relataram q iriam ocupar o espaço; membros da OAB há cerca de 15 dias atrás visitaram também o espaço alegando que o município doou parte da área.

A ASFITA que está no local desde 2003 não foi informada sobre nenhum dos casos; a ASFITA também está aguardando o resultado de um processo que tramita no SPU, que uma equipe do referido órgão esteve em Itaituba há cerca de quatro meses para fazer o levantamento dos terrenos da união no município; a equipe orientou a Associação dos Filhos de Itaituba a fazer um projeto e enviar para o órgão, o que foi feito.

A Prefeitura alega que o terreno é de posse do município, que foi adquirido na administração do ex-prefeito Edilson Botelho.

A ASFITA está buscando os meios legais para adquirir o terreno, e fica em dúvida: se a área é do município e a prefeitura doou para outras entidades porque não fazem a doação também para a ASFITA, uma entidade tão tradicional do município, que já tem um projeto para o galpão, que seria um teatro para o município, além de um escritório e sede campestre?

Diretoria e Coordenações - Postado por José Parente de sousa

Nota do Blog: É de conhecimento deste blog que toda a quadra que compreende a área do Sintepp, DNPM, vila do servidores do MTE, sede da receita federal e FUNAI, é da União, com exceção do cemitério municipal e do local onde está a churrascaria Picanha & Cia. Portanto, qualquer intervenção da PMI nessa área, é indevida!

Reações:

5 comentários:

Anônimo disse...


As áreas que pertenciam a Cobal em Itaituba e Miritituba, foram adquiridas pela PMI durante a gestão do Dr. Botelho, compradas em parcelas, que só foram quitadas na gestão do prefeito Roselito Soares. A documentação deve estar na Procuradoria do Município, no meio dos documentos depositados no prédio abandonado da antiga prefeitura.

Unknown disse...

Não é verdade a prefeitura apenas fez um comodato com a cobal por 10 anos para utilização para deposito da merenda escolar de Itaituba e miritituba o qual inspirou e o patrimônio retornou para o SPU.

Unknown disse...

Não é verdade a prefeitura apenas fez um comodato com a cobal por 10 anos para utilização para deposito da merenda escolar de Itaituba e miritituba o qual inspirou e o patrimônio retornou para o SPU.

Anônimo disse...

Comodato com escritura de compra e venda? O Jairo bem que podia se informar melhor, antes de dizer que esse fato é mentira.

Anônimo disse...

O prazo do suposto comodato "inspirou" ou expirou???