26 de fevereiro de 2016

NOVO PROGRESSO/PA - BR-163 É LIBERADA!

BR 163 é liberada e negociação será retomada com trabalhadores rurais 


O tráfego na BR 163, na altura do município de Novo Progresso (PA), foi liberado na tarde desta quinta-feira (25). Indígenas e trabalhadores rurais realizavam protestos nesse trecho. 

Com a liberação da rodovia, conforme acordado com sindicatos e associações de trabalhadores rurais de Novo Progresso, será retomada a negociação da pauta apresentada pelo movimento relativa ao Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) Terra Nossa. 

Uma mesa de negociação ocorrerá na próxima terça-feira (1º de março), em Santarém (PA), para a qual estão confirmados representantes do Incra, da Casa de Governo de Altamira - instituição vinculada à Secretaria-Geral da Presidência da República - e lideranças do movimento de trabalhadores rurais de Novo Progresso. O horário e local ainda serão definidos. 

A pauta indígena será tratada em outras instâncias de negociação.

O Incra ressalta que desde o início da mobilização tem mantido um diálogo aberto e contínuo com as lideranças do movimento. 

Em dezembro de 2015 e janeiro deste ano, o superintendente do Incra no Oeste do Pará, Claudinei Chalito, já havia recebido representantes do movimento em duas audiências, na sede do órgão em Santarém (PA), quando foram tratados os mesmos pontos da atual pauta de reivindicações.

Contato para essa pauta: Luís Gustavo Telefone: (93) 3523-1296 E-mail: luis.gustavo@sta.incra.gov.br
Assessoria de Comunicação - Incra Oeste do Pará - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. Telefone: (93) 3522-1192. E-mail: ascom@sta.incra.gov.br
Veja outras sugestões de pauta. Caso você não queira receber estes releases, clique aqui.

Reações:

1 comentários:

Anônimo disse...

Essas várias manifestações que vem ocorrendo em Itaituba e região, só mostram uma coisa, se o povo se unir e for pra rua cobrar e reivindicar seus direitos as coisas acontecem, talvez seja isso que esteja faltando em Itaituba, nos últimos anos vi várias manifestações acontecerem e as coisas saírem, como a interdição da transamazônica, da estrada do Bis e por últimos da estrada de barreiras e em Moraes almeida. Se nos formos para rua quem sabe não sai a conclusão da upa, da praça CEL, da praça do congresso, do shopping popular, melhoria das ruas, creio que esteja faltando isso em nosso município, porque do jeito que tá não dá mais pra continuar