27 de fevereiro de 2016

ITAITUBA/PA - CADÊ OS MAIS DE R$4 MILHÕES DO FUNDEB 2013?

Os assessores de WhatsApp da prefeita Eliene Nunes estão em polvorosa alegria por causa de um documento do TCM onde consta aprovação dos recursos do FUNDEB de 2013. Até aí é compreensível tal alegria mas, como tais assessores não sabem analisar um simples comentário, imagine como saberão analisar um Acórdão do TCM?


No Acórdão, imagem à esquerda, consta determinação de Alvará de Quitação por despesas ordenadas no montante de R$93.634.851,81 mas, há um pequeno grande detalhe.

E que detalhe, que monta em mais de R$4 milhões!

Em 2013, assim como nos anos posteriores, a prefeita Eliene Nunes não pagou rateio do FUNDEB porque disse que não havia dinheiro disponível, pois não havia sobra. Mas conforme o Acórdão acima, em 2013 sobrou mais de R$4 milhões de reais de saldo em contas para o exercício seguinte.


Em 08/01/2014,este blog publicou matéria sobre essa sobra, conforme a seguir

No dia 20/12/2013, a Prefeita informou ao SINTEPP de que havia um saldo do FUNDEB 40 de R$2.451.701,31, conforme imagem abaixo, mas depois do dia 30/12/2013, ouve um 'sumiço' de tal quantia, que era para pagar demais despesas (?).

Pois bem, como a prefeita agora irá se justificar acerca dessa sobra informada no documento do TCM, mas que antes não existia?

Relatório 2013 com demonstrativo de pagamento da SEMED

Quem está mentindo: a PMI, que dizia não ter sobras em 2013, ou o TCM, que diz haver sobras de mais de R$4 milhões?  

Será que é por isso que A PMI nunca entregou ao Sintepp as informações a respeito das aplicações do Fundeb?

Que atitude os vereadores tomarão em relação a esses mais de R$4 milhões? Com a palavra, o vereador Wescley Tomaz, presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara! 

Que atitude o Sintepp irá adotar para saber aonde se encontram ou foram aplicados esses mais de R$4 milhões? 

Um dado interessante. Se houve essa  sobra de 2013 para 2014, então, por que, também em 2014, não houve o rateio?

Eu também quero saber, assim  como os professores!

Reações:

1 comentários:

Anônimo disse...

Os 4 milhões foram utilizados pra fazer asfalto na nossa cidade, porque as pessoas estão mais preocupadas com asfalto do que com a educação e a prefeita que está preocupada apenas com a sua reeleição está fazendo a "vontade do povo". Depois da campanha volta tudo como era antes sem educação, sem saúde, sem asfalto, sem nada pra resumir. Porque eu sei como fazer e vou fazer.