1 de fevereiro de 2016

CASO TIAGO - É CERTO BUSCAR A JUSTIÇA COMETENDO-SE A INJUSTIÇA?

É certo buscar a Justiça cometendo-se injustiça?

Vídeo extraído do Facebook



Justiça é um conceito abstrato que se refere a um estado ideal de interação social em que há um equilíbrio razoável e imparcial entre os interesses, riquezas e oportunidades entre as pessoas envolvidas em determinado grupo social. Trata-se de um conceito presente no estudo do direito, filosofia, ética, moral e religião. Suas concepções e aplicações práticas variam de acordo com o contexto social e sua perspectiva interpretativa, sendo comumente alvo de controvérsias entre pensadores e estudiosos.



Em um sentido mais amplo, pode ser considerado como um termo abstrato que designa o respeito pelo direito de terceiros, a aplicação ou reposição do seu direito por ser maior em virtude moral ou material. A justiça pode ser reconhecida por mecanismos automáticos ou intuitivos nas relações sociais, ou por mediação através dos tribunais, através do Poder Judiciário [1].

A morte de um ente querido, quando novo e, principalmente de forma violenta suscita dores extremas e atitudes não muito civilizadas, mas depois de 'passada' essa dor, os parentes procuram analisar os fatos mais com a luz da razão, do que com a emoção corrompida pela dor e pelo sentimento irreparável de uma perda eterna.

E nesse caso do jovem Thiago, que faleceu bruscamente em acidente de moto no dia de Natal, por volta das 6 horas da manhã na confluência da av. Hugo de Mendonça com a trav. Victor Campos, todos esses sentimentos foram expressados, uns de forma educada, civilizada e cortês; mas outros, partiram para as ofensas e acusações banais, julgaram e condenaram o suspeito, Zulmir, de 'matar' o jovem Tiago, além de criticar quem tecia comentários contrários a essas acusações. Vale ressaltar que postagens no Facebook, quando tornadas públicas, qualquer pessoa pode opinar, independente de qual cunho seja essa postagens. Portanto, caso queiram que suas postagens não se tornem públicas, marque-as como privada/somente amigos/familiares.


Nessa teia de acusações e defesas, apareceram diversos 'técnicos' em criminologia forense, desqualificando os vídeos apresentados, as testemunhas arroladas e, condenando sumariamente, o 'culpado' pelo trágico acidente, inclusive com ataques pessoais à honra e com levianas acusações sobre outros assassinatos! 



Agora, com os ânimos mais calmos, e com as diversas filmagens que foram apresentadas ao público, pode-se ter um pouca de noção quanto à culpabilidade de cada um nesse trágico acidente, inclusive quanto à acusação de que o acusado Zulmir estaria fazendo 'racha' na av. Hugo de Mendonça e, por isso, em alta velocidade, motivo primordial do acidente. Nota-se, nas várias filmagens e por diversos ângulos, que não havia nenhum carro acompanhando a camionete, ou logo atrás.

Infelizmente, muitos pais são os principais culpados dessas mortes nos trânsito, pois demonstram não ter o devido controle sobre os filhos, que preferem ouvir uns 'amigos' aos pais. Na madrugada de sábado para domingo, (31/01), duas motos se chocarem em sentido contrário no Km-3 da rod. Transamazônica, com um dos condutores falecendo no local do acidente e o outro correndo risco de morte. Os dois jovens não tinham habilitação. Dói ver uma mãe chorando a morte prematura e violenta de um filho. Mas até quando outras irão enterrar seus filhos?

Vídeo editado, extraído do Facebook de parentes de Tiago.


[1] Extraído do Wikipédia

Reações:

0 comentários: