1 de fevereiro de 2016

ALTAMIRA/PA - JOVEM É PRESO POR PEDOFILIA NA INTERNET!

Homem é preso pela PF em Altamira por crime cibernético

Johnatan Silva de 31 anos foi preso em flagrante durante a manhã desta segunda (01), ele estava em casa, num condomínio de classe média, em Altamira no sudoeste do Pará. Segundo informações repassadas pelo conselho tutelar de Altamira ao DOL, o caso estava sendo apurado há três semanas, Johnatan estaria divulgando material pornográfico praticado entre ele, duas adolescentes (14 e 15 anos) e a mãe das garotas. A conselheira Lucenilda Lima ainda destacou.


“Logo que tomei conhecimento da situação, fui direto na PF e fiz a denúncia, pois tratava-se de crime cibernéticos, com divulgação pornográfica do que ele praticava com as adolescentes [enteadas] e a mãe das garotas [companheira], como comprovado o crime, a PF assumiu o caso com ajuda do Conselho Tutelar e hoje (01.02) efetuaram a prisão dele” Disse a conselheira.
POLÍCIA FEDERAL
Em entrevista coletiva no final da tarde desta segunda, o delegado da polícia federal Vicente Denechevcz, disse que recebeu a denuncia do Conselho Tutelar, e pediu a prisão preventiva do acusado, que foi autorizada pela justiça e agora serão aprofundadas as investigações.
Um mandado de buscas e apreensão também foi cumprido e um vasto material foi encontrado na casa, como, HDs, pendrive e vídeos, tudo será periciado. Um revolver calibre 38, com numeração raspada foi encontrado na residência, a princípio Jonhata negou ser o dono da arma, agora a companheira dele (nome não revelado) diz que na verdade é ela a responsável pelo revolver.
OPERAÇÃO ANJO DA GUARDA
A nota a imprensa expedida pela Polícia Federal em Altamira, diz que a operação denominada “Anjo da Guarda” apura atos de abuso sexual contra duas adolescentes, cárcere privado da enteada mais velha, além da suposta divulgação de vídeos e fotos através da internet e outros meios.
PRISÃO PREVENTIVA
Johnatan está sob custódia da Polícia Federal, mas deve cumprir o período de prisão preventiva decretada pela justiça no Centro de Recuperação Regional de Altamira.


Por: Felype Adms (com informações da Polícia Federal) - Via WhasApp

Reações:

1 comentários:

kleber santos figueira santos figueira disse...

Excelentíssimo Senhor Prefeito – No cenário atual, AS GUARDAS MUNICIPAIS NÃO SERVEM APENAS PARA VIGIAR PATRIMÔNIOS E FISCALIZAR TRÂNSITOS. As Guardas Municipais apresentam-se como uma alternativa à segurança pública. No Brasil e em outros países, a administrações municipais possuem forças locais que atuam na segurança de seus cidadãos.
AS GUARDA MUNICIPAIS podem ser criadas pelos municípios para colaborar na segurança pública utilizando-se do PODER DE POLÍCIA ADMINISTRATIVA DELEGADO PELO MUNICÍPIO ATRAVÉS DE LEIS COMPLEMENTARES. É tão clara a intenção do constituinte de admitir uma atividade de polícia administrativa pelas guardas municipais, que houve por bem inseri-las no art. 144.§ 8º – Os Municípios poderão constituir guardas municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações, conforme dispuser a lei. Assim a atuação das guardas se resume a uma atividade comunitária de segurança urbana, apoiando os órgãos policiais estaduais e federais quando solicitadas. Santarém está muito atrasada em termo de segurança. A com constituição fala o município que tiver mais de 50.000 (cinqüenta mil) habitantes PODE: TER UMA GUARDA ARMADA UNIFORMIZADA, BEM EQUIPADA E TREINADA.
Assim, Vossa Excelência ira contribuir de forma efetiva na segurança de seus ELEITORES e cidadãos.......




.