7 de dezembro de 2015

ITAITUBA/PA - MAIS SERVIDORES TERÃO UM NATAL AMARGO!

Prefeita anuncia cortes de R$ 3 milhões com demissão de temporários para não atrasar salários


Secretarias de Saúde e Educação serão as mais afetadas. Só da Educação serão mais de 700 cortes!

A prefeita Eliene Nunes reuniu todo o seu secretariado e outros setores do primeiro escalão de seu governo, no final de semana, para tratar dos cortes que precisam ser feitos, com urgência.

A prefeitura gasta, atualmente, cerca de R$ 9 milhões com a folha de pagamento.

Isso passa do teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o que pode causar problemas legais para a gestora.

Porém, não se trata apenas de adequar a folha à Lei de Responsabilidade Fiscal-LRF, mas de se enquadrar dentro da atual realidade da economia do país, que está em frangalhos, tanto na iniciativa privada, quanto nos governos. A diminuição contínua na arrecadação da União tem levado a perdas no FPM.

A Secretaria de Educação é a mais atingida nos cortes, pois vai ter que demitir em torno de 700 temporários. Em seguida, vem a Secretaria de Saúde, que já fez demissões, incluindo enfermeiros do Hospital Municipal, que foram desligados, o que gerou uma onda de críticas à prefeita.

“Nós já estamos com a segunda reunião, e o ajuste passa por cada uma das secretarias. Temos que levar em consideração a situação do Brasil, como a gente tem falado pelos meios de comunicação, e eu tenho dito que não podemos ser irresponsáveis(????). Temos que tomar atitudes para evitar que aconteça o que já aconteceu aqui mesmo no município de Itaituba, da gente ter os servidores e não ter condições de pagá-los(!!!!).

É importante que a gente fale a verdade para a população, fale a verdade para os servidores e mostre a realidade do que tem ocorrido nesses últimos meses em todos os setores do município, principalmente na Educação e na Saúde, para que a gente tome atitudes em cima disso.

Os valores de repasses para a Assistência Social e para a Saúde tm diminuído, sendo que alguns desses recursos não estão caindo na conta e a gente precisa falar para essas pessoas que são atendidas por esses programas. Então, é necessário reduzir”, disse Eliene.

Uma coisa muito pouco provável de acontecer, mas, que a prefeita acha que não vai, é a qualidade do serviço público, que ela acredita que não vai cair.

Pelo andamento das coisas, as demissões deverão passar bem de 1.000 servidores, e a probabilidade de não haver prejuízos na prestação de alguns serviços parece muito reduzida. Ela apelou para os servidos concursados, que terão, em certos setores, que se desdobrarem, em alguns casos, um servidor fazendo o trabalho de dois.

Eliene conclamou os concursados a se empenharem para que não haja solução de continuidade no serviço público municipal, apesar das centenas de demissões.

É evidente que não resta alternativa para a prefeita Eliene Nunes, se não, demitir o quanto for preciso, e só pode demitir servidores temporários, sob pena de entrar em um processo de ingovernabilidade. Diante dessa necessidade imperiosa, é possível que até apadrinhados de vereadores da base governista sejam alcançados pelos cortes, o que se acontecer, será uma prova dura para a prefeita, pois não se sabe qual será a reação de quem tiver assessores desligados. (Produção: Editoria do Blog - Baseado em informação do telejornal Focalizando) -Postado por José Parente de sousa

Nota do Blog: A prefeita sempre foi avisada pelo Contador sobre as consequências dos constantes excessos com a folha de pagamento, que sempre foram acima dos 54% permitidos pela LRF. Agora, vem dizer  que não pode ser irresponsável, mas foi irresponsavelmente irresponsável esses três anos. Basta ver os gastos com viagens, que de prático nada acrescentaram ao município, mas apenas às contas e ao patrimônio de alguns servidores com os pagamentos exorbitantes de diárias, inclusive a prefeita continua com suas viagens à Terra do Nunca, pois nunca aparecem os resultados dessas viagens. E o que falar dos vários assessores que a própria prefeita contratou tentando atingir o grupo político do ex-prefeito? Serão demitidos ou, no mínimo terão o salário reduzido? E, se a crise está afetando todo mundo, quando afetará o salário da prefeita e dos secretários (?), pois até o momento não houve indicação de que a prefeita-aeromoça vá enviar à Câmara projeto de lei reduzindo tais salários, mas a prefeita está igual a dono de empresa que reduz os salários dos empregados para salvar a empresa da falência, mas continua a viver no fausto! Quem for temporário e sem QI forte, que se arrebente, pois para 2016 a 'Manutenção' de mais de R$12 mil/mês para a casa da prefeita está quase assegurada, pois a crise acabará em 31/12/2015. Pelo menos para a prefeita.

Quanto às duas secretarias, são as que têm mais temporários, muitos na condição de fantasma! O Natal de muitos servidores da PMI será de assustar!

Reações:

4 comentários:

Anônimo disse...

Hoje no jornal focalizando a eliene do arrocha falou que ira descontar do salarios dos servidores 30 por cento, isso é permitido? O correto nao seria comwcar o desconto pelo salario da prefeita? E depois dos secretarios?

Anônimo disse...

A crise econômica será a desculpa magica para todos preteitos do brasil durante um bom tempo.

Norton Sussuarana disse...

A PREFEITA NÃO PODE, E NENHUM PREFEITO, AUMENTAR OU DIMINUIR SALÁRIO. NEM O DELA. PARA HAVER MUDANÇA EM SALÁRIO DE SERVIDOR, A PMI DEVE ENVIAR UM PROJETO DE LEI À CÂMARA DE VEREADORES PARA VOTAR AUMENTO OU DIMINUIÇÃO DE SALÁRIO. O QUE ELA PODE FAZER É CORTAR AS GRATIFICAÇÕES, COMO HORAS EXTRA, COMISSÕES, DAS E AS FAMOSAS E MARAVILHOSAS DIÁRIAS. MESMO DOS TEMPORÁRIOS ELA NÃO PODE CORTAR, POIS É ASSINADO UM CONTRATO ENTRE A PMI E O TEMPORÁRIO, QUE DEVE SER RESPEITADO.

Anônimo disse...

Hoje a única coisa que interessa pra prefeita é a sua reeleição. O resto é resto quer ter dinheiro pra campanha do ano que vem pra poder comprar lideranças para estarem ao seu lado. Como presidentes de partidos, de bairros e comunidade. Só resta saber se o povo irar acompanhar essas liderança. Porque ninguém quer apoiar grupo perdedor, e as pesquisa não são muito boas pra esse grupo.