8 de outubro de 2015

CONDUTOR PODERÁ TIRAR CNH GRATUITAMENTE

Condutor poderá tirar CNH gratuitamente

(Foto: Divulgação)

Quem quiser tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), terá a chance de fazer o processo gratuitamente até dia 11 de outubro em unidades do Sest Senat em Belém e Santarém. No país todo, várias outras cidades receberão o benefício.

O benefício, no entanto, não é para todas as pessoas e se destina aos programas que apoiam a inserção de motoristas no mercado de trabalho. As vagas fazem parte dos projetos “Primeira Habilitação para o Transporte - CNH Social” e “Habilitação Profissional para o Transporte – Inserção de Novos motoristas”.

Para quem conseguir o benefício, a economia será grande. Para se ter uma ideia, uma primeira habilitação, contando o valor de curso em Autoescola, que varia entre R$1.000 a R$1.280, e mais serviços e taxas cobrados pelo Detran, exame médico, exame psicotécnico e serviços bancários, pode chegar a custar entre R$1.200 a R$1.500 em média.

O que é necessário?

O projeto "Primeira Habilitação para o Transporte - CNH Social" visa contribuir para a entrada de jovens de baixa renda no mercado de trabalho, por meio da concessão da carteira de habilitação (CNH) na categoria “B”, associada a um curso de qualificação. Em Santarém, há 117 vagas.

Para se inscrever, o candidato deve atender aos seguintes requisitos:

1. Ter entre 18 e 27 anos completos na data de inscrição;

2. Comprovar renda individual de até três salários mínimos;

3. Saber ler e escrever.


Já o projeto "Habilitação Profissional para o Transporte – Inserção de Novos Motoristas" tem como objetivo a inserção de condutores profissionais no mercado de trabalho, por meio da mudança de categoria da CNH, para as categorias C, D ou E.

Veja quais as exigências para participar do processo seletivo:

1. Ter entre 21 e 50 anos completos na data da inscrição;

2. Comprovar renda individual de até três salários mínimos;

3. Saber ler e escrever;

4. Possuir carteira de habilitação nas categorias B (há pelo menos 12 meses), C ou D, de acordo com o que requer a categoria pretendida;

5. Não ter cometido nenhuma infração de trânsito grave ou gravíssima, ou ser reincidente em infrações médias, durante os últimos doze meses, conforme disposto no Código de Trânsito Brasileiro.

Neste processo, há 590 vagas para Belém e 70 para Santarém.


Inscrições

Para se inscrever, o candidato pode acessar os links abaixo. Estes projetos são totalmente financiados pelo Sest Senat, sem custos para os selecionados.

Acesse os links:



(DOL, com informações do Sest Senat)

Reações:

0 comentários: