30 de setembro de 2015

PREFEITA AINDA SEM LÍDER NA CÂMARA DE VEREADORES!

Governo municipal completa um mês sem líder na Câmara

Está completando um mês que o governo da prefeita Eliene Nunes não tem líder na Câmara Municipal.

Desde que a vereadora Maria Pretinha entregou a liderança, a prefeita ainda não nomeou alguém para substituí-la.

Tem havido muita especulação a respeito do nome, tendo sido comentado que Diomar Figueira seria o líder. Mais recentemente surgiu o nome de Wescley Tomaz, mas, embora já tenham até especulado na tribuna, nenhum ofício chegou á Casa de Leis com a nomeação.

Até mesmo para a reportagem do blog já foi perguntado se Wescley será mesmo o novo líder, porque é o que praticamente todos os vereadores especulam.

O vereador Isaac Dias foi líder por um bom tempo, sendo substituído depois por Maria Pretinha, mas, não é a primeira vez que esse governo fica sem liderança na Câmara.

O motivo disso, ninguém sabe explicar.

Nota do Blog: Há um mês, mais ou menos, fui chamado por um vereador para conversar sobre diversos temas, sendo um deles a indicação do líder de governo na Câmara. Tal edil disse que vários nomes foram sondados pela prefeita para representar a PMI na Câmara, mas o vereador disse que precisava que esse nome fosse referendado pela Câmara, mas precisava que a Câmara tivesse participação nessa escolha, pois a indicação de líder sempre foi uma imposição da prefeita. E hoje, em conversa com outro vereador sobre tal assunto, este falou-me que o vereador Wescley é o melhor nome porque tem diálogo com os demais vereadores, pois outros pretensos candidatos a líder, vereador Isaac Dias e Célia Martins, não sabem dialogar, sendo que Isaac deixou muito a desejar na condução da CPI e, quanto à Célia Martins, mostrou-se um zero à esquerda em termos de articulação e, diante desses fatos, a melhor opção, tanto para a prefeita quanto para a Câmara, é a indicação do vereador Wescley Tomaz.


Reações:

2 comentários:

Anônimo disse...

Pra que serve mesmo um líder de governo? Pois, se a prefeita que tem o poder na mão, não consegue resolver os problemas da cidade, imaginem um líder de governo que só tem o poder de ficar ouvindo as reclamações. Então essa questão de ter ou não um líder de governo não muda na vida da população de Itaituba, e o tempo vai passando e a prefeita só está preocupada em fazer grupo pra eleição do ano que vem.

Anônimo disse...

Um mês sem líder de governo e tres anos sem prefeita. Essa é a nossa realidade.