14 de setembro de 2015

CASO CPI - POLÍCIA FEDERAL CONVOCA COORDENADORES DO SINTEPP

POLÍCIA FEDERAL INVESTIGA IRREGULARIDADES NA PREFEITURA DE ITAITUBA

Delegado Sérgio Pimenta ouvirá professora Antonia Suely Souza, do Sintepp, sobre denúncias na gestão de Eliene Nunes

A Polícia Federal, através dos autos nº 08362.003296/2015-16, já iniciou preliminarmente investigações sobre as várias denúncias feitas pelo SINTEPP e também inclusas no relatório da CPI criada para apurar supostas irregularidades na Prefeitura de Itaituba, que tem à frente a prefeita Eliene Nunes.

Os primeiros convocados para depor são os sindicalistas professora Antônia Suely Souza e o professor Reginaldo do Carmo Ramos, coordenadores gerais da entidade que luta em prol dos interesses dos profissionais em educação. A audiência dos sindicalistas está marcada para o dia 10 de outubro deste ano na Delegacia da Polícia Federal em Santarém, em depoimento previsto de uma hora marcada para cada depoente.

No ofício datado de 14 de agosto deste ano, o delegado Sérgio Fernando Veloso Pimenta, da Polícia Federal, recomenda que os sindicalistas apresentem cópias ou informações referentes aos dados concretos sobre as denúncias de desvios de verbas do FUNDEB no período de 2013 a 2014, assim como as referências a processos licitatórios de reformas, construção e aquisição relacionados a Escola Águia do Saber; quadras poliesportivas, Creches, Equipamentos de informática, dentre outras denúncias consideradas graves pela Polícia Federal.

Os dois professores quando prestaram depoimentos na CPI da Câmara Municipal de Itaituba, fizeram as denúncias acima solicitadas, além de que o SINTEPP havia encaminhado as denúncias ao Ministério Público Federal. Essas mesmas denúncias também estão incluídas no relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito que foi também denunciado às autoridades competentes ao caso, além do Tribunal de Contas dos Municípios, que ainda não se manifestou sobre essas denúncias.

QUEM ESTÁ MENTINDO?: O MEC, as escolas, o Município ou os conselheiros? Acessando os sites oficiais do governo Federal comprovamos que todas as escolas de Itaituba da rede pública receberam dinheiro do programa “Dinheiro Direto na Escola”. O dinheiro é liberado em um ano anterior para manutenção do ano seguinte. Segundo o MEC, a Escola Fernando Guilhon recebeu R$ 10.290,00 (979 alunos); Integração Nacional de Miritituba foi contemplada com R$ 17.220,00 (811 alunos); Padre José de Anchieta, que tem 1.153 alunos, ganhou R$ 24.000,64; a escola Antônio Gonzaga Barros, com 1.500 alunos, recebeu cerca de R$ 31.000,00. Reiterando apenas que esses valores são creditados nas contas dos conselhos da seguinte maneira: Valor pago 2015 referente ao ano de 2014 e assim sucessivamente. O que precisa ficar esclarecido é o motivo de algumas escolas terem ido às ruas pedir material de expediente e de limpeza, se a Prefeitura mesmo que o repasse do governo Federal não tivesse sido feito, teria que se responsabilizar pelos materiais, o que não foi feito. Será que os códigos de leis do Brasil não vigoram em Itaituba?

ATÉ QUANDO?: Até quando alguns vereadores vão continuar em cima do muro para não perder algumas regalias no governo Municipal? Pois como tem sido de praxe, vários deles no momento exato deverão dar o bote na prefeita Eliene Nunes, que fragilizada politicamente vem se tornando uma incógnita para 2016. Por enquanto os abraços de “tamanduá bandeira” ainda reforçam uma falsa imagem de que de fato e de direito são aliados. A Prefeita deverá repetir a célebre frase de César, Imperador Romano: “Até tu Brutus?”. Ao sabor das conveniências velejam as naus da hipocrisia política e cada um dita seu próprio ritmo, já que oportunismo é uma jogada cada vez mais prevalecente em nosso País. 

VER PARA CRER: Não sou São Tomé, mas em Itaituba certas coisas só vendo para crer. Depois do engodo e da mentira contra os Mundurukus no episódio da estrada do BIS, será que veremos esse filme agora em relação aos manifestantes do Km 30? Recentemente deu na imprensa do Sul que a presidente Dilma remanejou verbas destinadas para a Transamazônica, incluindo o trecho aonde gerou a interdição, para uma Rodovia Federal no Estado do Acre. Como o lençol está curto e o Brasil a exemplo do Vasco foi rebaixado para a 2ª divisão, ela está vestindo um Santo e pelando outro. Não estamos sendo pessimistas nem torcendo contra, só estamos falando baseados em exemplos práticos com negociações que não saíram do papel. (
Nazareno Santos)

Nota do Blog: Pois bem, quando disse em um comentário neste blog acerca de um pedido de retratação do vereador Isaac sobre a aprovação do Relatório da CPI, afirmei que essa CPI, para mim, ainda não tinha acabado. Taí a confirmação do que falei naquele comentário no dia 24/08 (http://www.nortonsussuarana.com.br/2015/08/caso-cpi-aprovado-relatorio.html) pois em contato com uns policiais federais em Santarém, esses falaram-me que não era para me preocupar com a CPI, pois a PF já estava na posse de vários documentos e que iriam iniciar investigação nesses possíveis desvios do FUNDEB. Além desses coordenadores do SINTEPP, outras pessoas serão chamadas a depor, inclusive empresários que não sabem quanto recebem pelo aluguel de seus carros. A CPI, infelizmente não deu em nada, mas há outros desdobramentos para esse caso!

RG 15/O Impacto

Reações:

0 comentários: