26 de agosto de 2015

CASO CPI - RELATOR REBATE DECISÃO DE MAGISTRADO




Vereador diz que Juiz Cleitoney Passos está equivocado em sua decisão a CPI



Na tarde de hoje (26), em entrevista canal de televisão local o vereador peninha deu sua opinião em relação ao fato ocorrido no dia 25, quando o Juiz da Comarca de Itaituba concedeu decisão anulando efeito da resolução nº 005/2015 e as deliberações ocorridas nas Sessões Ordinárias 21ª e 22ª que criava a CPI, Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou denuncias de improbidades administrativas no Governo da Prefeita Eliene Nunes.
Peninha disse que a comissão seguiu os trametes legais corretamente, seguindo a Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Câmara, “o edil falou o magistrado ao enumera vícios em sua decisão se equivocou se pois tanto é que o Ministério Público deu seu parecer mantendo o funcionamento a legalidade da CPI, confirmando que foi obedecido o ritual da CPI”.

O vereador confirmou que sobre as tatas que foram citada na decisão do Juiz, elas são transcritas dos livros de Atas que estão devidamente assinados e aprovadas e nelas estão as assinaturas do vereador que presidiu a sessão em discussão, e o Magistrado deveria ter solicitado estas atas para analise e poder emitir sua decisão final, e finalizou dizendo que é lamentável e que a população de Itaituba fique tranquila que não a nada errado no processo da CPI e foi concluída dia 20 foi aprovada pela comissão e já foi distribuída aos órgão competente de direito.

Reações:

0 comentários: