16 de maio de 2015

DETRAN EM GREVE. E GARANTIDA ATÉ QUARTA-FEIRA!

Greve no Detran garantida até quarta-feira


Servidores do Detran foram para a frente da Sead cobrar a realização de uma reunião que teria sido agendada pela titular do órgão (Foto: Bruno Carachesti)


Servidores do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) paralisaram ontem as atividades e fizeram um ato em frente a Secretaria de Estado de Administração (Sead) para cobrar uma audiência que, segundo os servidores, havia sido prometida pela titular do órgão, Alice Viana ao Sindicato dos Trabalhadores de Trânsito do Pará (Sindetran), a fim de discutir a pauta de reivindicações da categoria. 

Na Sead, foi informado que a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), ficaria à frente das negociações. A nova reunião foi marcada para a segunda-feira (18). Mesmo assim, o sindicato não descarta a possibilidade de deflagrar greve na quarta-feira (20).

Desde o mês passado, o Sindetran vem realizando atos e segundo a diretora jurídica do sindicato, Elizabeth de Oliveira, os pontos principais da pauta da categoria são o reajuste salarial, retorno do tempo integral para 70%, reajuste do valor da hora extra que está congelado há dois anos, reajuste do auxílio alimentação congelado há cinco anos, reforma no prédio e a realização do concurso público. 

“O último concurso foi realizado há seis anos. Desde então o governo só contrata temporários e ele já começou a contratar novamente há um mês. Existem os artigos 5º e 7º da Constituição Federal que dizem que para entrar no serviço público tem que ser por meio de concurso e a contratação de temporários é para uma eventualidade”, disse.

Segundo o presidente do Sindetran, Élison Oliveira, mês passado a categoria deveria entrar em greve, mas, a pedido da secretária de Administração, teria sido marcada uma mesa de negociação para ontem, mas o acordo não foi cumprido. 

“Ela (Alice Viana) disse que o governador (Simão Jatene) tomou a decisão de que a Sead perdeu o poder de negociação e quem negociará com os servidores do Detran a partir de agora será a Segup. Paralisamos hoje (ontem) pois até a antevéspera a Sead não havia cumprido o acordo de sentar e negociar e isso tem um mês”, disse Élison.

Na quarta-feira (20), o sindicato reunirá com os servidores em assembleia geral para definir se entram em greve. “O início da greve é praticamente certo, o governo não tem cumprido com seus acordos de nos atender e a população é que será a principal prejudicada”, disse.

ATENDIMENTO

O atendimento no Detran, ontem pela manhã, ficou prejudicado por conta da redução de funcionários. Segundo Élison, cerca de 70% dos servidores do Detran em Belém aderiram à paralisação, enquanto que 80% dos municípios também paralisaram, entre eles, Bragança, Barcarena, Santarém e Marabá.

“Setores onde atuam 20 servidores ficaram com apenas dois, que são temporários e DAS. O atendimento veicular e habilitação, área de exame e vistoria veicular, área tecnológica e administrativa tiveram paralisações expressivas”.

Ainda de acordo com o sindicalista, na segunda-feira (18) o departamento deverá funcionar, porém com o quadro de funcionários reduzido, já que o sindicato irá mobilizar a categoria a comparecer na audiência.

(Diário do Pará)

Reações:

0 comentários: