13 de março de 2015

CASO FRIARA - PROCURADOR DO MUNICÍPIO PRESTA ESCLARECIMENTOS

sexta-feira, março 13, 2015

Advogado Jairo Araújo, da PGM, diz que embargo do IBAMA ao FRIARA existe e está em vigor.



Este blog recebeu informações na tarde de hoje, enviadas pelo advogado Jairo Araújo, do quadro da Procuradoria Geral do Município, o qual concedeu entrevista, ontem, ao telejornal Focalizando, abordando a questão polêmica da falta de liberação para o funcionamento do Frigorífico Araticum, o Friara.

No Focalizando de hoje, o advogado do Friara se pronunciou, alegando que não existe mais embargo do IBAMA a respeito do citado frigorífico, afirmando que entendia que seu colega Jairo não havia atentado para esse detalhe.

Jairo Araújo enviou a seguinte mensagem para publicação neste blog.

"Jota Parente, considerando -se que seu influente blog vem publicando matérias sobre a questão do FRIARA, gostaria, em nome da PGMI, de prestar alguns esclarecimentos sobre o processo de licenciamento ambiental e do SIM da citada empresa. Já concedi entrevistas aos canais de televisão locais e gostaria de fazê-lo pro seu blog.
Depois da minha entrevista de ontem, o FRIARA protocolou na SEMAGRA NADA CONSTA no CNPJ da empresa afirmando, que não existe embargo de atividade no IBAMA. Acontece, que o embargo foi feito no CPF do Sr. João Altevi, o que está claro nos documentos que acabei de te enviar.
O embargo existe sim e está em vigor."
Jairo Araújo - 
Postado por 

Nota do Blog: Nós que trabalhamos com informações, esperamos sempre que uma das partes citadas se manifeste acerca da matéria mas, infelizmente, a PMI não tem essa prática de transparência, de prestar esclarecimentos e/ou fazer adendos sobre fatos que lhe dizem respeito e, consequentemente, à toda população. Vide os casos do dinheiro do Bradesco pago à PMI para continuar com as contas dos servidores, do repasse dos R$200 mil da Rodonave, e do caso das 1.500 sacas/mês repassada pela Itacimpasa.

Nesses três casos, os dois primeiros a PMI, apesar de ter uma Assessoria de Imprensa, não se manifestou, preferindo processar este blogueiro e quando se manifestou, foi por solicitação da Câmara de Vereadores. Quanto ao cimento (que foi suspenso o repasse, tendo em vista ter chegado ao conhecimento em Recife/PE da venda desse cimento por um esposo de uma importante autoridade municipal), mais uma vez a Câmara de Vereadores por intermédio do nobre edil Luis Fernando Sadeck dos Santos, Peninha, recebeu resposta a ofício enviado à Itacimpasa solicitando informações sobre os repasses de tal cimento, que ninguém sabe aonde foram aplicados e aonde são armazenados. Dizem uns maldosas que esse cimento está localizado na Cidade Alta.

Diante do esclarecimento abaixo, está de parabéns o dr. Jairo Araújo, que assim tirou um massacre indevidamente jogado às costas do Secretário de Agricultura, sr. Souza.

Reações:

0 comentários: