28 de fevereiro de 2015

NOVO AUMENTO DE ENERGIA. 'PRESIDENTA' DILMA ENTREGA MAIS UM 'PRESENTE' AO POVO BRASILEIRO


A partir de segunda-feira (2) passa a ser cobrada a taxa extra de R$ 5,50 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) de energia usados (Foto: Arquivo Diário do Pará)


Foi aprovado nesta sexta-feira (27), pela Agência Nacional de Energia Elétrica, mais um aumento na taxa-extra das bandeiras tarifárias cobradas nas contas de energia, quando há aumento no custo da produção de energia no Brasil.

Os novos valores já valem a partir de domingo (1º) e são os mesmos propostos no início de fevereiro, pela Aneel, quando o assunto foi levado a audiência pública. Quando iniciou o sistema de bandeiras, o Pará estava incluso na categoria VERDE, no entanto, este mês - conforme o próprio site da Aneel, todas as regiões estão inclusas na Bandeira VERMELHA. 

Confira os novos valores:

BANDEIRA VERMELHA (vigora atualmente em todo país. Sinaliza que está muito caro gerar energia)

Passa a ser cobrada nas contas a taxa extra de R$ 5,50 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) de energia usados. Aumento de 83,33% em relação aos R$ 3 cobrados entre janeiro e fevereiro.

BANDEIRA AMARELA (produção de energia está um pouco mais cara)

Taxa extra aplicada passa de R$ 1,50 para R$ 2,50 (+ 66,66%).

BANDEIRA VERDE (não há custo adicional para produção de eletricidade e, portanto, não é aplicada a taxa extra).

Não houve alteração em relação à bandeira verde.

Os Estados do Amapá, Roraima e Amazonas não entram no regime de bandeiras, por não estarem no Sistema Interligado Nacional.

Reações:

0 comentários: