2 de fevereiro de 2015

FALTA TUDO À SEMINFRA, INCLUSIVE COMPETÊNCIA, COMO EM TODO O GOVERNO!


Falta Tudo na Seminfra


A administração municipal voltou a conviver com protestos da população por causa das ruas. Foi só cair as primeiras chuvas e as ruas um pouco mais afastadas do centro da cidade já estão intrafegáveis, e as manifestações vão se intensificar porque a população já perdeu de vez a paciência.

A SEMINFRA não tem como resolver esse problema porque a sua situação é falimentar. Na garagem não tem máquinas, faltam caçambas basculantes e às vezes falta até combustível para os veículos.

Resta então torcer para o inverno desse ano não ser tão rigoroso quanto o do ano passado, mas aí só São Pedro pode dar uma ajudinha diminuindo as chuvas para não aumentar ainda mais a buraqueira nas ruas.
A população, que a cada dia é pressionada com mais impostos e taxas, tem todo o direito de reclamar e exigir que a sua rua esteja bem limpa e trafegável. É certo que a cidade está em franco crescimento, mas ainda assim, não dá para aceitar que ruas importantes e com grande fluxo de veículos estejam do jeito que estão.

O que está ocorrendo com a maioria das vias públicas da nossa cidade é um atestado da falta de compromisso e de respeito dos políticos e governantes com a população, pois se pelo menos uma pequena parte dos recursos fossem aplicados corretamente, esses problemas certamente seriam bem menores e não causariam tantos transtornos na vida das pessoas.

Vejamos por exemplo, o caso desse cimento que o município recebe da fabrica Itacimpasa. De acordo com a própria empresa, todo mês a título de doação, a prefeitura recebe mil e quinhentos sacos de cimentos e mais setecentos metros cúbicos de brita. 

Com esse cimento, segundo cálculos de um engenheiro civil, a prefeitura poderia fazer quatro mil e duzentos metros de meio fio, ou ainda dois mil e quinhentos metros quadrados de bloquetes para o calçamento das ruas. Isso tudo em apenas em um mês e, sabe desde quando a prefeitura vem recebendo essa doação? Desde a época do governo Edilson Botelho, lá na década de 90. (Nota do Blog: No atual governo, a partir de 2013, eram repassadas 1.000 sacas/mês e a partir de 2014, foram 1.500 sacas/mês de cimento, pois nos governos anteriores eram somente 500 sacas de cimento ao mês doado pela Itacimpasa!)

Imaginem se todo esse cimento, mil e quinhentos sacos ao mês, tivesse sido aplicado na construção de meio fio e no calçamento das ruas, será que população estaria passando por esses transtornos? Claro que não, e aí eu volto a bater na tecla da falta de transparência do governo e na conivência dos vereadores que não cobram do gestor municipal.

O que foi feito com tanto cimento? Questionado o vereador Peninha sobre este assunto, ele acenou com a possibilidade de a Câmara votar uma lei que obrigue o governo a aplicar esse material doado pela Itacimpasa na urbanização das ruas.

É esperar pra ver se os vereadores vão ter coragem de aprovar essa lei; e a população que sofre todo inverno com os buracos e os lamaçais que se formam nas ruas deveria acompanhar bem de perto essa proposta e cobrar a sua execução! 

Jornalista Weliton Lima, comentário no Focalizando, quinta, 29/01/14

Postado por José Parente de sousa

Reações:

5 comentários:

Anônimo disse...

ao ad do blog.,poxa meu caro amigo NORTON. cada dia que leio seu blog,fico mais triste e desacreditado nesta administração,é desvio de cimento,é falta de merenda nas escolas, é o não pagamento de fornecedores,é perseguição a empresários, é lavadores de carros, vendedores de tacacá, sorveteiros, sendo perseguidos para pagarem taxas com valores exorbitantes,é servidores contratados sendo demitidos sem receberem os salários atrasados,é aeroporto fechado,é falta de medicamentos no HMI e nos postos de saúde,é uma enxurrada de gente do auto escalão mentindo para o povo,é varias ruas interditadas e ninguém pra dar uma satisfação ao povo,É UMA PREFEITA IRRESPONSÁVEL E AUSENTE DA CIDADE,que não tá nem aí para os com o povo,é um MP. que não enxerga nem um palmo além do próprio nariz,é uma grande parte da imprensa que faz malabarismo para encobrir as atrocidades desta maluca,é uma cambada de ratos travestidos de VEREADORES que não tem a mínima responsabilidade com o cargo que a população lhes deram...,e apesar de tudo isso, ainda temos que ouvir certo "jornalista" tecer comentários com relação a esta administração, porque que ele não faz mais FLECHES de dentro do gabinete da chefa dele???,ou será que ele não sabe mas onde é o gabinete dela??,e bom que ele entenda que o gabinete dela agora é ITINERANTE...!!!!´

Anônimo disse...

O prefeito e o secretário de Saúde de Alta Floresta, respectivamente Asiel Bezerra de Araújo e Manoel João Marques Rodrigues, foram afastados dos cargos por terem supostamente descumprido decisão judicial relativa a maio de 2014 de fornecer serviços de saúde adequados nos Postos de Saúde da Família (PSFs) no município. A determinação é da Sexta Vara da Comarca de Alta Floresta, Milena Ramos de Lima Paro. Em nota, a prefeitura municipal, que fica a 800 km de Cuiabá, informou que o afastamento provocou surpresa, porque providências estavam sendo tomadas para atender as medidas determinadas, e que deve recorrer da decisão.
A decisão liminar que teria sido descumprida determinava a existência de médicos em todos os postos de saúde e unidades de PSF e o cumprimento da carga horária de 40 horas semanais. O prefeito e o secretário também ficaram obrigados a fixar controles de horário eletrônico, determinar o cumprimento da carga horária e apurar atrasos e faltas - descontando no pagamento e instaurando processo, se preciso.

Olha que nesta cidade está muito melhor que Itaituba e acontece isso, e aqui estão esperando o que pra romar uma atitude.

Anônimo disse...

Será que se o administrador deste blog tivesse carro alugado atualmente para a Prefeitura falaria bem no governo igual falava em 2010?

Anônimo disse...

Mal desse governo medíocre é que eles querem jogar a culpa nos outros pelos problemas do município. Vou fazer uma sugestão para Administrador do blog pra ficar 1 mês sem falar mal desse governo e ver se as coisas vão melhorar. Coisa que eu duvido muito porque a cidade toda já não aguenta mais tanta falta de competência.

Anônimo disse...

A prefeita paga um contrato bem gordo pro SBT e mesmo assim todos os dias eles mostram os problemas do município. E aí será que só porque alguém tá recebendo algo da prefeitura ele é obrigado a falar bem desse governo.