19 de novembro de 2014

ELEIÇÃO CASA DA NOCA


POR TRÁS DOS BASTIDORES ELEIÇÃO DA CÃMARA ESQUENTA. CÉLIA MARTINS É A PREFERIDA DA PREFEITA ELIENE NUNES


Célia Martins desfruta de total confiança da prefeita. Lança chapa 

Os bastidores políticos que antecedem a escolha do novo presidente da Câmara de Itaituba está em estado de efervescência com a entrada da prefeita Eliene Nunes no jogo, que estaria articulando apoio para eleger a vereadora Célia Martins.

Nessa articulação é tudo imprevisível sem regras lógicas tudo pode ocorrer, mas a principio outras chapas se formam para abortar o projeto de eleição de Célia Martins.



Wesclei Tomaz e forte candidato a reeleição 

Vai ser uma guerra de Titãs porque os irmãos Aguiar, Hilton e Francisco, deputados estadual e federal também pretendem fazer presidente da câmara Nicodemos Aguiar, além de que o atual presidente que a principio não iria concorrer, mas que também decidiu entrar na disputa novamente e ele já demonstrou ser bom estrategista ao ganhar a presidência em meio a veteranos da política, também virá para a reeleição.

Peniha articula para prefeita não eleger sua candidata.Ele poderá dar o xeque mate. 

Como o que vai decidir esse jogo é a influencia do poder e da grana o resultado poderá ser o que a principio se desenha. Mas correndo por fora da raia como franco atirador vereador João Bastos Rodrigues (Cebola) também articula formação de uma chapa. O que, muitos indagam é se poderá haver algum resultado inusitado, fora desses nomes que surgem como favoritos.

Se ninguém mais lançar chapa, a disputa então será entre Wescley Tomaz, Célia Martins, Nicodemos Aguiar e Cebola. Restariam então 11 votos a serem divididos entre os candidatos. Como quem conseguir oito votos vence a disputa, a articulação agora é para mirar como primeiro alvo a candidata da prefeita.

E a articulação já está sendo feita pelo experiente vereador Peninha que conhece tudo de bastidores de eleições. Dr. Diniz deve vir como vice de Wescley, mas ai o jogo fica mais complexo porque também o apoio a Nicodemos fortalece Hilton e se Célia ganhar fortalece a prefeita. Uma terceira via poderá sair vencedora nesse jogo de xadrez político? Eis a questão. 

Levando em conta os vereadores da base Dadinho, Toninho piloto, Orismar, Maria Pretinha e Isaac, Célia com o dela já teria seis votos garantindo assim seis e precisando de mais dois para ganhar. Entrariam como fiéis da balança Diomar e Yamax que também são da base política da prefeita.



Postado por Nazareno Santos às

Reações:

3 comentários:

Anônimo disse...

Só sei que em nada vai mudar a situação do nosso município. Pois 90% dos vereadores estão do lado da prefeitura e continuarão a ser serviçais da prefeita. E povo vai continuar sofrendo mais um pouco enquanto não aprender a escolher seus representantes e não cobrar depois que elege.

Anônimo disse...

Prefeitura de Vitória do Xingu: Ministério Público deflagra operação contra fraudes a licitação
Uma operação do MP (Ministério Público) do Pará foi deflagrada ontem (18), com mandado de busca e apreensão em documentos e informações, dados e mídias digitais relacionados às fraudes em processos licitatórios no município Vitória do Xingu.
Os alvos foram a residência do prefeito, Vando Amaral (PSB) a sede da prefeitura e de secretarias municipais.
A ação foi determinada pelo TJ (Tribunal de Justiça) do Pará, com busca e apreensão em documentos relacionados à possível fraude de procedimentos licitatórios.
Na mira também documentos que provam apropriação e desvio de recursos públicos em posse de Jelcias Lisboa Queiroz e Washington Queiroz Pimenta.
A operação foi deflagrada na madrugada de ontem. Foi coordenada pelo procurador de Justiça Nelson Medrado, coordenador do Núcleo de Combate à Corrupção e Improbidade Administrativa.
Contou com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP e dos promotores de Vitória do Xingu e Altamira, Gustavo Rodolfo Ramos de Andrade e Rodrigo Aquino Silva.
Um dos processos investigados é a destinação de R$ 56 milhões para execução de obras de engenharia por uma empresa de construção. O valor foi repassado pelo município em dois anos.
Segundo procurador de justiça Nelson Medrado, ‘pelo valor da obra, deveríamos ter encontrado um grande canteiro de obras na cidade e não foi o caso’. Para Medrado, o alto valor pago à empreiteira não é compatível com o resultado apresentado.
O procurador destacou ainda que o prefeito Erivando Amaral está envolvido em um processo de 2012 que apura o pagamento de propina à prefeitura por empresas interessadas na diminuição da alíquota do Imposto Sobre Serviços (ISS) de 5% para 2%.

Anônimo disse...

Começou a aparecer de onde veio todo o dinheiro que a candidata Josy Amaral gastou por toda essa região durante a campanha, comprando tudo e todos. Ninguém aparece com muito dinheiro do nada.Todo mundo falava que esse dinheiro vinha da prefeitura de Vitoria do Xingu e ninguém acreditava agora o MP está descobrindo tudo. Espero que o MP também faça uma varredura em Itaituba e irá descobrir coisas piores em Itaituba.