22 de setembro de 2014

POPULAÇÃO FAZ JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS!

Ladrão de celular morre no hospital depois de ser linchado no meio da rua por populares!!!

O índice de criminalidade em Itaituba tem aumentado consideravelmente, entre os crimes mais comuns estão os roubos de celulares que são constantes na cidade.
Na noite deste domingo, 21, aconteceu mais um, só que dessa vez o ladrão não se deu bem como em outras vezes. Um homem ainda não identificado foi roubar o celular de uma pessoa na 21ª Rua com a travessa Raimundo Preto. O meliante foi perseguido por populares e, alcançado, foi linchado no meio da rua por várias pessoas revoltadas; bateram bastante no ladrão, que ainda foi levado com vida pelos bombeiros para o hospital municipal, mas pouco tempo depois não resistiu à gravidade dos ferimentos e veio há falecer. Ainda não se tem a qualificação do mesmo.

Fonte: Junior Ribeiro

Reações:

14 comentários:

Anônimo disse...

O nivel de insegurança no estado e no país se deve muito a nossa justiça que muito branda com os criminosos, vimos todos os dias pessoas que cometeram crimes bárbaros com poucos dias estão soltos, não há leis que façam com que esses criminosos fiquem presos, aí a população acaba cometendo esse tipo de atitude que não é a corretas, mas com aquela sede de fazer justiça com as próprias mãos acaba cometendo esses atos, e isso é só o inicio, pode ter certeza que outros atos irão acontecer depois desses, como tudo que não presta pega rápido em nosso país isso vai virar moda em nosso município. Isso serve de alerta pra nosso deputados federais que são responsáveis por alterar a constituição em nosso país, repensem nas nossas leis, porque do jeito que tá daqui a pouco qualquer problema vai desavença poderá ser resolvido dessa forma, e se o estado que já perdeu o controle dos bandidos, perder o controle da população pode se tornar algo perigoso. Como a lei de Talião, "Olho por olho, dente por dente"

Anônimo disse...

CARO AD DESTE BLOG.ISSO Q VEIO A ACONTECER COM ESSE RAPAZ,É UMA DEMOSTRAÇÃO DE QUANTO A POPULAÇÃO ESTAR DESACREDITADA NA POLÍCIA E NA JUSTIÇA DO NOSSO PAÍS,E ESPECIALMENTE NA DE ITAITUBA. A PM,POR VARIAS VEZES QUANDO É CHAMADA PARA UMA DETERMINADA OCORRÊNCIA,E AO CHEGAR NO LOCAL, AO EFETUAR A PRISÃO DO BANDIDO,QUANDO VAI VERIFICAR,TRATA SI DO MESMO QUE FOI PRESO A UM DIA ANTES, E JÁ ESTAR SOLTO....,ORA...SI UMA CIDADE Q TEM ADVOGADO TRABALHANDO FIADO PRA BANDIDO,VC QUER O QUÊ????,A VERDADE É QUE NÃO TEMOS POLÍCIA NEM JUSTIÇA.....,E UMA ALERTA...,É QUE ESSE CASO INFELIZMENTE NÃO SERÁ O ULTIMO....E ERA ISSO QUE EU MAIS TEMIA, ESTOU FALANDO ISSO PQ JÁ PROCUREI A POLÍCIA PARA DENUNCIAR ALGO,E PRA MINHA SURPRESA, A MINHA DECEPÇÃO FOI MUITO GRANDE.......,

Anônimo disse...

Hahahahhaha...Eu achei foi pouco. Bandido bom é bandido morto. Povão tá certo. Já que a justiça se omite, dando brechas pra esses bandidos ficarem aprontando, então o povão tá descendo a ripa.

Anônimo disse...

A policia em nada tem culpa nesses casos, como o anonimo das 14:11 falou a policia prende no outro dia tá solto, então a policia tem feito a parte dela e a justiça também porque se a lei diz que eles não devem estar presos, o que tem que mudar são as leis, que permitem que pessoas cometam vários crimes pequenos e continuem soltos, se eles soubessem que ficariam presos por muito tempo pensariam duas vezes antes de roubar, vender drogas e outros crimes. Boa parte desses pequenos assaltos são realizado por menores e usuários de drogas e ainda tem candidato a presidente e federal defendendo a legalização da maconha, isso é um absurdo precisamos de lei mais rígidas e diminuição da maioridade penal.

Anônimo disse...

ao caro anônimo das 14:52,é verdade,a polícia militar vai lá e prende,chegando até a arriscar a vida pra prender um bandido, e o entregar na delegacia,mais meu caro,quem os soltam na delegacia não é a justiça,e nem é com embasamento nas leis,o certo é que o bandido ao chegar na delegacia já tem um batalhão de advogados pra os soltarem.....,e de lá mesmo os bandidos já ligam para os pms que os prenderam para gozarem deles......os chamando até de otários......e isso é culpa da justiça ou da policia civil?????????

Anônimo disse...

ao caro anônimo das 14:52,é verdade,a polícia militar vai lá e prende,chegando até a arriscar a vida pra prender um bandido, e o entregar na delegacia,mais meu caro,quem os soltam na delegacia não é a justiça,e nem é com embasamento nas leis,o certo é que o bandido ao chegar na delegacia já tem um batalhão de advogados pra os soltarem.....,e de lá mesmo os bandidos já ligam para os pms que os prenderam para gozarem deles......os chamando até de otários......e isso é culpa da justiça ou da policia civil?????????

Anônimo disse...

O grande problema ta em nossas leis, como já foi dito pelo anonimo de 22 setembro, 2014 14:52, nossas leis tem que ser de tolerância zero.

Anônimo disse...

Vejamos o caso do Rayfran que matou a missionária Doroty Stang foi julgado e condenado a 30 anos de prisão em 2007 e hoje 7 anos depois já está solto. Porque? Porque tem bom comportamento durante o período que ficou preso, bom só quando está preso porque solto é um perigo pra sociedade, e agora será se ele estivesse preso não teríamos evitado mais esse assassinato, apesar de ter suspeita de que o rapaz morto não era boa peça, mas a jovem não tinha nada contra ela. São crimes que podem ser evitados se a justiça for mais rígida, o rapaz que matou o Joca se tivesse ficado preso nas várias vezes que foi detido, nós teríamos evitados mais um assassinato de um pai de família. Então temos que mudar as leis desse país e votar principalmente em candidatos que defendam essas ideias. Diminuição da maioridade penal e o cumprimento completo das penas, se é 30 anos e 30 anos, porque virar santo depois que é preso muitos fingem que viram mas depois que são soltos voltam a práticas os mesmos crimes.

Anônimo disse...

Rayfran das Neves Sales, 38 anos, condenado pela morte da missionária americana Dorothy Stand foi preso neste sábado em Anapu. Sudoeste do Pará após uma investigação da Polícia Civil. Condenado a prisão pelo caso que teve grande repercussão internacional em 2005, Sales e outros três foram presos por envolvimento em três mortes e uma tentativa de homicídio, ocorridas no dia 5 de setembro no interior do Estado.

Rayfran estava desde junho do ano passado em prisão domiciliar determinada pela Justiça do Para. Além dele, foram presos Raimundo Fernando Ferreira Monteiro, conhecido como “Gordo” ou “Ritchie”; Osimar Lobato Rodrigues, 30 anos, e Luís Carlos do Carmo Lopes, 27.

De acordo com a polícia, as vítimas do grupo são o casal Evalso Fagundes da Silva e Luana de Cássia Castro e Silva e os amigos Leandro Kestring de Vargas e Joseane Noronha Santos. Dos quatro, apenas Luana Silva sobreviveu. Evalso foi morto com um tiro na cabeça próximo em uma estrada, enquanto Leandro e Joseane também foram mortos a tiros, na zona rural de Tomé-Açu. Os crimes estão ligados ao tráfico internacional de drogas.

Prisão
Após as investigações, o Ministério Público conseguiu obter os mandados de prisão temporária de trinta dias dos acusados. De acordo com a polícia, Rayfran foi preso quando chegava em casa, no bairro da Cremação, por volta das 6h de hoje. Raimundo Fernando, o “Gordo”, foi preso, no bairro do Guamá, em Belém, enquanto Luís Carlos foi preso, no bairro do 40 Horas, em Ananindeua. Osimar, o outro envolvido no crime, estava preso desde o último dia 13.

Anônimo disse...

A justiça brasileira é pobre, cega e manca. A culpa é de toda a sociedade, pois um país não é só feito de políticos corruptos, mas também de corrompidos e corruptores. Os políticos estão em uma ponta da corda, outros somente ficam a ver navios e uns ficam esperando a carcaça cair, o povo tem as leis que merece, se não for a luta ou não se decidir contra a vontade sempre manterá a opinião anterior, quem não chora não mama, e suor polpa sangue. E somos uma sociedade alieada, aristocrata, sócioburguesa e com uma democracia para a minoria.

Anônimo disse...

é meu caro adm deste blog,pelo visto vc nunca teve decepção com a policia civil,mais infelizmente eu não posso dizer a mesma coisa,quero ver si uma pessoa que tenha sido roubado e minutos depois é pego o ladrão,e o seu dinheiro não ter sido recuperado, eu não estou falando mal de ninguém, apenas tou falando a verdade,e pq já passei por esse tipo de situação,e espero que vc nunca tenha que passar, espero que vc antes de apagar esse comentário, que pelo menos vc o lêia, e que pense.....

Norton Sussuarana disse...

CARO ANÔNIMO ACIMA, IREI DELETAR TODOS OS COMENTÁRIOS QUE FAÇAM AFIRMAÇÕES SEM PROVAS. CASO NÃO QUEIRA SE IDENTIFICAR É UMA COISA, MAS COM TAIS AFIRMAÇÕES, NÃO É POSSÍVEL MANTER O COMENTÁRIO. A POLÍCIA CIVIL TEM UMA CORREGEDORIA QUE VOCÊ PODE ACIONAR E FAZER TAIS DENÚNCIAS MAS, MESMO LÁ, TERÁ A NECESSIDADE DE IDENTIFICAÇÃO!

Anônimo disse...

ao adm. é e eu sei disso,é que as vezes a indignação da gente é tão grande,que agente até esquece os meios legais, talvez até por não acreditar ou por medo de represália,e os indicativos nus mostram isso, mais de qualquer forma obrigado por vc ter lido meu comentário e ter o apagado,e a impressão que ficou é que vc mi entendeu.....,vc sabe que o único meio de agente mostrar a nossa insastifação é através deste blog, e eu sou muito grato por isso...,obg,e si caso queira deletar meus comentários, eu não vou ficar nem um pouco chateado. e vou continuar admirando a forma como vc aborda os assuntos referente ao nosso município de modo geral, mesmo sem comentar,mais continuarei lendo todas as matérias...,espero que vc dei continuidade ao seu trabalho jornalístico com a mesma ética....tenha uma boa tarde....

Norton Sussuarana disse...

Caro anônimo, muito obrigado pela compreensão e podes ter certeza que todos os comentários são lidos! Também, muito obrigado pelos elogios e continue interagindo com o blog. Aqui, faço um pequeno adendo; já fui vítima de assalto com arma de fogo em nossa casa em Belém e, em conversas com vários vizinhos, estes falaram que a viatura da PM pedia R$400,00 mensal para cada militar e a civil, R$400,00 por viatura! Fiquei estarrecido, pois sabemos que a Polícia Militar e Civil contam com profissionais íntegros, zelosos e dedicados; pais de famílias que honram seus filhos e assim, não devemos e não podemos, manchar toda uma entidade por causa de uns péssimos policiais! Quanto ao Dr. Jardel, o conheço há mais de vinte anos e posso lhe dizer da sua integridade correta dentro da Polícia Civil!!!