8 de agosto de 2014

PREFEITA NÃO CUMPRE A LEI NO CASO CONSELHO DE SAÚDE!

PREFEITA IGNORA CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE NÃO DANDO INFORMAÇÕES NEM ENVIANDO PROJETOS DE CONSTRUÇÃO DAS UBS.

NOTA DO BLOG: QUANDO É PARA TER SEUS DIREITOS RECONHECIDOS, COMO PARA PROCESSAR ESTE BLOGUEIRO, A PREFEITA E SUA TROUPE CONHECEM DIREITINHO O CAMINHO DAS LEI, MAS QUANDO É PARA PRESTAR INFORMAÇÕES, DETERMINADAS POR LEI, FAZ OPUVIDO DE MERCADOR!
sindicatos mandam oficio e nunca recebem resposta da prefeitura
















Os Sindicatos Sinserm e Sindsaúde estão insatisfeitos com o tratamento arrogante e de descaso que estão tendo por parte do governo da prefeita Eliene  Nunes.  Após duas tentativas infrutíferas de audiência,  elas foram desmarcadas sem nenhuma explicação e reina um silêncio total.   As audiências seriam com o secretario de administração pastor  Francisco Erisvan .  Nesse governo há uma peculiaridade, já que além da queda ainda vem o coice.

 Os sindicatos querem respostas para dezenas de indagações, mas estão sendo solenemente ignorado, o que tem deixado uma interrogação para esse enigma de um governo que prega  transparência no discurso, mas na prática não se torna acessível aos sindicatos, nem ao próprio poder Legislativo no quesito fiscalização.
presidente do Conselho Municipal de saúde não entende porque a prefeita tem tanto medo de ser fiscalizada.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde Jorge Luiz denunciou ao Impacto e ao blog Tribuna Tapajônica que a prefeitura embora estivesse com as verbas na conta desde o ano Dezembro do ano passado, só iniciou agora a construção e reformas das Unidades Básicas de saúde  numa ação que deveria vir ocorrendo e agora a prefeita quer construir tudo de uma vez, sem enviar projeto das obras para o Conselho que tem o papel de fiscalizar e esse projeto teria que antes da construção das UBS passar pela aprovação do Conselho o que não foi feito” Destacou. 

 De acordo com o sindicalista, ao arrepio da lei a prefeita atropelou as leis 8080, 8142   Lei complementar 141 que diz que os Conselhos de Saúde devem fiscalizar os recursos da saúde.  Em face desse despautério Jorge Luiz indaga ”Por que será que a prefeita tem tanto medo de ser fiscalizada?  Não iríamos embargar as obras só queremos saber valores, que empresa está construindo, mão de obra empregada nas obras, quanto custou o metro quadrado etc... 

”Entre as obras que estão sendo construídas  sem conhecimento prévio do Conselho estão às Unidades Básicas do Bairro Bom Remédio, Jardim das Araras, entre outras.  Quanto a UBS do Piracanã  construído na Minha casa Minha Vida,  ainda não foi inaugurada embora esteja pronto porque a prefeitura não comprou mobiliário. Assim como  o Conselho foi posto para escanteio pela gestão do ”Governo de todos”, também foi desrespeitada   a Comissão Intersetorial  (CIR) que está desmilinguida de informações. 

Mas essa aberração  administrativa,  excluindo o Conselho e o Sindicato poderá trazer transtornos administrativos para a  prefeita junto ao Tribunal de Contas da União,   já que o Conselho não dará seu aval quando das prestações de contas,  tendo em vista nada saber a respeito das obras , pelo não envio do projeto,  assim  como está denunciando o fato escabroso ao Ministério Público.  Pra finalizar,  nesta sexta feira dia 8, o  presidente da Comissão de Investigação e denuncia  de prenome Francisco,  que deveria  estar fiscalizando e denunciando aos questionamentos acima, estará renunciando   ao cargo, mas só não disse ainda o motivo.

Reações:

0 comentários: