10 de junho de 2014

EM FAMÍLIA. UMA HISTÓRIA DE TREZENTOS MIL (MOTIVOS) REAIS)!!!

O ENREDO
Era uma vez dois rapazes que viram uma bela oportunidade em ganhar R$300 mil sem muito esforço; a não ser para enganar seus 'superiores'. A História começa quando um empresário juntou a sua vontade de explorar com a fome de dois rapazes; e assim foi apresentada a proposta pelos dois primos. Ah, esqueci de dizer que os dois 'mocinhos' da presente História, tal qual João e Maria, são parentes!

A PROPOSTA!
O empresário pagaria R$300 mil para obter o direito a essa dita exploração.

A ENCENAÇÃO
Mas eis que surge um 'pequeno' problema. Como um dos chefes vai assinar a liberação sem saber dos R$300 mil? Com com essa pequena bolada em jogo, dá-se jeito para tudo e, como em um estalo, surgiu a ideia de se comprar uma camionete para ajudar o outro 'superior' em sua jornada política e envolver um blogueiro para dar ar de confiança ao esquema; um(a) do(a)s superiores sabendo que deve muito ao outro superior, de bate pronto aceitou a 'oferta' e assim ficava um pouco livre de pressão em outubro/2014.

Aqui abre-se uns parênteses: Sabe-se há muito tempo que quatro pessoas podem guardar um segredo, mas quando três estão mortas!

O DESENVOLVIMENTO
Com a farsa toda pronta, restava colocá-la em prática. E assim foi feito. Cria-se a licença; um(a) do(a)s superiores assina; entrega-se a licença; recebe-se os R$300 mil, com promessa de se pagar ao blogueiro os R$20 mil. E neca de camionete e nem se fala nada para o outro superior!

Até aí tudo bem! Tudo certo e perfeito como dois mais dois são quatro! Mas (Eis aí outro 'mas'!) os dois primos, igual pinto no barro, felizes, alegres, contentes e saltitantes de alegria  com tanto tutu nos bolsos (e, quem sabe, nas cuecas!) esqueceram de pagar o blogueiro, ficando este emburrado e à espera de que o(a) superior(a) tocasse no assunto da camionete para soltar o 'verbo' e contar tudo!

O blogueiro transpassado de raiva, quando surgiu a oportunidade, que foi no momento em que um(a) do(a)s superiores perguntou pela camionete, este disse, com falso ar de assustado!: - Que camionete?! Eles ficaram com o dinheiro e não compraram camionete nenhuma!

Esse(a) um(a) do(a)s superiores fulo(a) da vida, foi à procura do outro superior enganado em seu escritório-gabinete e, ao adentrar, nem sequer olhou para seu subordinado, que lá estava, e ainda fez cara feia; contou toda a potoca, a lorota, o engodo, a mentira da qual foram 'vítimas' dos dois primos, agora pimpões e todos sécios!

O segundo 'enganado' chamou os dois primos para uma conversar-bate-boca-discussão sobre o paradeiro dos R$300 mil, o que foi negado pelos primos traíras, que também são parentes do segundo enganado, chegando um deles a pedir para quebrar o sigilo de sua conta bancária, como se dinheiro de corrupção passasse por conta bancária!!

Epílogo

Para quem acha que essa pequena novela já chegou ao fim, podem aguardar novos capítulos, inclusive com a demissão do subordinado, além de outras 'pérolas' de mais achaques de tal subordinado.....


Reações:

2 comentários:

Anônimo disse...

poxa....,quero muito conhecer esses primos,quem sabe eles não podem agilizar as negociações da outra esquina do porto da balsa,pois eles ficaram um pouco temerosos depois do problema das placas de táxi que a comtrim vendeu para um cidadão, e eu tenho pressa de resolver esse negócio,pois sonho em morar as margens do tapajós...

Anônimo disse...

meu caro Norton...vc estar sabendo que os (15 apóstolos)si reuniram na casa do noca,e de portas fechadas para analisarem o caso da construção de um ponto em plena orla da cidade???? agora imagine vc!! si com a casa cheia eles já tomam as decisões costumeiras,que dirá de portas fechadas?????? Eita nois..........