22 de maio de 2014

PLANO DIRETOR - REUNIÃO NO SALÃO VERDE DA SEMMAP


Prezados,
Dando continuidade aos trabalhos de revisão do Plano Diretor Municipal, e no intuito de envolver os diversos segmentos da sociedade civil organizada a participar do processo de revisão do Plano, interessados em contribuir com o processo, independentemente de sua vinculação em qualquer entidade ou posicionamento político, convidamos Vossa Senhoria a participar de uma Reunião de Trabalho entre os representantes do Núcleo de Execução Municipal – Nem, Conselho Municipal da Cidade – COMCID, Núcleo Gestor Local – NGL, Procuradoria do Município, presidentes de bairro e técnicos do município, que será realizada no dia 27/05/2014 (terça- feira), a partir das 08h, na Sala Verde da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Produção – SEMMAP, sito a Avenida Belém - Centro e tem como objetivo: discutir, analisar e adequar o Diagnóstico da revisão do Plano Diretor, como por exemplo: zoneamento, perímetro urbano, espacialização do ordenamento de uso e ocupação do solo, definição de subutilização do solo, Hierarquização Viária, critérios de parcelamento e espacialização dos instrumentos do Estatuto da Cidade, localização de grandes equipamentos de Infraestrutura, de equipamentos urbanos e comunitários e Estrutura de Planejamento e Gestão Urbanística e Democrática do Município e ainda, regulação de ordenamento jurídico e Plano Urbanístico de Miritituba.  É o momento de definir os objetivos, instrumentos e estratégias, que norteará as ações a serem realizadas em prol do desenvolvimento do município através de um pacto com a sociedade civil.
Contando com vossa atenção e participação e com vista à preocupação de uma cidade mais justa, democrática e sustentável, agradecemos a atenção dispensada ao assunto.


Atenciosamente,


Ionelly Moraes
Coordenadora da Revisão do Plano Diretor - Núcleo de Execução Municipal

Reações:

1 comentários:

Anônimo disse...

Povo de Itaituba abrem os olhos para esse Plano Diretor, ele está pautado em interesses particulares, quem o organiza é a ATAP, com a base de discurso os portos, o governo deixou para a iniciativa privada fazê-lo esquecendo a importância do mesmo, governo da falta de gestão!