5 de março de 2014

ATÉ QUANDO PREFEITA?



Um trabalhador brasileiro 'dá' três meses de seu labor ao governo como pagamento de impostos diretos e/ou indiretos; mas em contrapartida, o governo nos dá uma péssima educação, péssimas estradas, segurança nenhuma e quanto à saúde, o que constantemente ocorre em Cuiutuba (nova denominação de Itaituba, mistura dos nomes do garimpo Cuiú-Cuiú com a outrora conhecida cidade de Itaituba/PA) é uma clara demonstração do despreparo de nossa alcaide (que muitos dizem ser a ungida, mas está mais para a fingida, pois finge que administra ou trabalha por melhorias em nossa Cuiutuba).

Além das mortes das duas crianças em um intervalo de menos de 24h, das lesões causadas em diversos pacientes, dos altos salários de enfermeiros 'ungidos' pela Diretora do Açougue Municipal, também conhecido por hospital, que demite e contrata a seu bel-prazer, agora temos mais uma morte na conta desse governo. A morte do meu amigo José Pessoa, carinhosamente chamado de 'seu' Quincas, que era dono do açougue São Bento, localizado na esquina da Raimundo Preto com a rua 29ª.

'Seu' Quincas no último domingo pela parte da noite, sentindo-se mal e sem comunicar aos filhos, pegou um táxi e foi para o HMI sentindo fortes dores no peito. No Hospital municipal que paga altos e belíssimos salários aos protegidos da Diretora, não havia médico especialista como mentirosamente propagandeado pela prefeita-fingida em campanha eleitoral. Nem qualquer outro médico que pudesse CORRETAMENTE diagnosticar que as dores no peito eram consequência de um coração morimbundo, pronto a parar caso atitudes corretas não fossem adotadas.

Mas, se não havia qualquer médico, então aonde estavam os enfermeiros dos altos salários, que também não souberam, ou não quiseram diagnosticar a correta causa daquela dor no peito? Mas ao contrário, diagnosticaram a dor no peito como consequência de problemas estomacais e assim receitaram ao meu amigo Quincas hidróxido de alumínio e o mandaram para casa, vindo este a falecer na madrugada de domingo para segunda-feira!

hidróxido de alumínio é indicado para o tratamento de azia ou queimação decorrente de hiperacidez gástrica e por possuir ação adstringente, o hidróxido de alumínio e todos os seus derivados podem causar constipação. A administração de altas doses pode causar obstrução intestinal. O hidróxido de alumínio pode provocar náuseas e vômitos. A administração de hidróxido de alumínio a pacientes com dieta pobre em fosfato pode ocasionar a depleção de fosfato acompanhada pelo aumento da reabsorção óssea e hipercalciúria com o risco de osteomalácia. Os sais de alumínio são pouco absorvidos pelo trato gastrintestinal, e os efeitos sistêmicos são raros em pacientes com função renal normal. Em pacientes com comprometimento renal crônico, o acúmulo de alumínio pode provocar osteomalácia ou doença óssea adinâmica, encefalopatia, demência e anemia microcítica (http://www.medicinanet.com.br/bula/detalhes/2721/reacoes_adversas_hidroxido_de_aluminio.htm). 

Assim como as mortes das duas crianças, do paciente que caiu da maca, do burro que foi enforcado pelo pessoal da Saúde e agora a morte do 'seu' Quincas também ficará sem uma intervenção séria do Ministério Público Estadual? Até esses açougueiros que se intitulam enfermeiros, médicos e técnicos em enfermagem irão agir e matar impunemente?

Mas há uma curiosidade nessa história acima, posto que ontem à noite, enquanto jantava em um famoso churrasquinho da cidade, uma senhora do alto escalão desse governo e muito ligada à prefeita disse-me que havia, sim, médico no HMI no domingo e que foi erro desse médico ter receitado hidróxido de alumínio ao 'seu' Quincas. Ou seja, se isso é verdade, torna-se ainda mais grave essa situação posto que uma pessoa que tem seis anos de estudo e não sabe diferenciar a(s) causa(s) de uma dor no peito para uma dor estomacal, é caso de cassação de diploma e consequente demissão como 'médico' do Açougue Municipal.

Quantas mortes ainda serão contabilizados na conta dessa administração? Quando a prefeita irá realmente administrar nossa cidade e demitir a sra. Marilda Braga e seus cupinchas do antes conhecido HMI?

Reações:

9 comentários:

Anônimo disse...

Nomear qualquer pessoa pra administrar a saúde, ou melhor o HMI... Dá nisso. No mínimo teria que ser alguém da área ou alguém que conheça as questões de saúde para administrar com eficiência e errar menos.

Anônimo disse...

Você esqueceu da cirurgia da cachorra, essa sim com a participação ativa do então Secretário de Saúde e ex-gestor!!!!

Norton Sussuarana disse...

Não esqueci, anônimo(a) e muita gente também não, mas que saudade dessa época em quase se matava cachorros e não crianças e adultos! é muita cara-de-pau sua querer comparar a morte de uma cachorra com de vários seres humanos pelo atual governo!

Anônimo disse...

é.....,a morte de uma cachorra ser mais relevante que de de varias pessoas,e se tratando desse modelo de governo,eu concordo...,desde qui mude o nome da cidade de cuiutúba para ( buraquituba )

Anônimo disse...

De maneira nenhuma quis comparar a morte de uma cachorra com a de seres humanos. Só se fala o que lhe convém, ou seja é totalmente parcial. Quis mostrar a incompetência do governo anterior ao qual o blogueiro é subordinado.

Norton Sussuarana disse...

Desejo, anônimo(a), sinceramente, postar coisas boas sobre a nossa cidade, mas não vivo na ilusão de que Cuiutuba está uma cidade merecedora de meus elogios. muito pelo contrário. É educação abandonada, saúde abandonada, ruas abandonadas, vicinais abandonadas, hospital e postos de saúde abandonados, prefeitura abandonada. a única coisa que a atual prefeita não abandonou foi a conta corrente da prefeitura. O governo passado errou e muito, mas devemos dar um 'desconto' ao Valmir pois, como vocês diziam em campanha, ele era analfabeto, mas em contrapartida a esse suposto analfabetismo do Valmir, foi eleita uma professora, educadora, com formação superior, que deixou um belo de um rombo na Semed e a realidade está aí, a nos levar para oficinas. Os donos de oficina são as únicas pessoas que estão felizes em Cuiutuba, além dos apaniguados dessa roubalheira, que usam o nome de Deus para se locupletar dos recursos públicos. Mas Deus não dorme!!!

Anônimo disse...

Pra você ver como são as coisas, a administração passada até a vida de uma cachorra tentou salvar. Enquanto em Itaituba, o atual governo nem a vida dos seres humanos eles querem cuidar, imagina dos animais, sem falar nos espcialistas que até hoje não chegaram no município. Mais uma promessa de campanha desta pessoa que está cuidando dos recursos do município, mas não está cuidando de sua população, mas nem todo sofrimento será eterno, isso um dia vai acabar e esperamos que seja rápido.

Anônimo disse...

Pra você ver como são as coisas, a administração passada até a vida de uma cachorra tentou salvar. Enquanto em Itaituba, o atual governo nem a vida dos seres humanos eles querem cuidar, imagina dos animais, sem falar nos espcialistas que até hoje não chegaram no município. Mais uma promessa de campanha desta pessoa que está cuidando dos recursos do município, mas não está cuidando de sua população, mas nem todo sofrimento será eterno, isso um dia vai acabar e esperamos que seja rápido.

Norton Sussuarana disse...

Caro anônimo, já postei em meu blog uma CERTIDÃO da antiga Prefeitura de Itaituba, hoje denominada CUIUTUBA, acerca de INEXISTÊNCIA de qualquer vínculo meu com qualquer governo municipal desde 1993, quando eu cheguei nesta outrora linda cidade!