25 de fevereiro de 2014

ITAITUBA/PA - CASO LEDA: EX-MARIDO AINDA PRESTA DEPOIMENTO


O PRINCIPAL ACUSADO DE SER O MANDANTE DO TRIPLO HOMICÍDIO QUE ABALOU A CIDADE DE ITAITUBA/PA NESTE ÚLTIMO FINAL DE SEMANA, ALTAIR SANTOS, TEVE A DECRETAÇÃO DE SUA PRISÃO TEMPORÁRIA POR TRINTA DIAS.

APÓS A VOZ DE PRISÃO, ALTAIR PASSOU POR EXAMES DE CORPO DE DELITO E, NESTE MOMENTO, ESTÁ PRESTANDO DEPOIMENTO PARA OS DELEGADOS SÍLVIO BIRRO, JARDEL GUIMARÃES E CLÉBER PASCOAL. 

O DR. JAIRO ARAÚJO ACOMPANHA TAL DEPOIMENTO.

OS POLICIAIS TÊM INDÍCIOS DE QUE TAL CRIME FOI PASSIONAL E QUE HÁ FORTES COMPROVAÇÃO DO ENVOLVIMENTO ENTRE ALTAIR DOS SANTOS E O EXECUTOR DOS CRIMES, INDÍCIOS ESSES CORROBORADOS PELAS PROVAS ATÉ AGORA COLHIDAS.

POR TER O ACUSADO A PRERROGATIVA DE SER ADVOGADO, A DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL REQUEREU A TRANSFERÊNCIA DE ALTAIR PARA BELÉM/PA, MAS O JUIZ RESPONSÁVEL PELO CASO, ASSIM COMO A OBA, SUBSEÇÃO DE ITAITUBA/PA, NÃO CONCORDARAM COM A TRANSFERÊNCIA DO ACUSADO PARA BELÉM E É O JUIZ QUEM IRÁ DECIDIR SE ALTAIR FICARÁ PRESO NO QUARTEL DO CORPO DE BOMBEIROS OU NO QUARTEL DA POLÍCIA MILITAR,MAS EM ITAITUBA/PA.

A PRISÃO TEMPORÁRIO DE TRINTA DIAS PODERÁ SER PRORROGADA POR MAIS TRINTA DIAS MAS, CONFORME INFORMAÇÕES COLHIDAS NA DELEGACIA DE POLÍCIA, E DIANTE DE FARTA COMPROVAÇÃO, SERÁ PEDIDA A PRISÃO PREVENTIVA DO SUPOSTO AUTOR.
 A PRISÃO PREVENTIVA NÃO É UMA PENA APLICADA ANTECIPADAMENTE AO TRÂNSITO EM JULGADO, É UMA MEDIDA CAUTELAR. POR ESSE MOTIVO, NÃO VIOLA A GARANTIA CONSTITUCIONAL DE PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA SE A DECISÃO FOR DEVIDAMENTE MOTIVADA E A PRISÃO ESTRITAMENTE NECESSÁRIA.

É UMA PRISÃO CAUTELAR QUE TEM O OBJETIVO DE PREVENIR QUE O RÉU PERIGOSO COMETA NOVOS CRIMES OU AINDA QUE EM LIBERDADE PREJUDIQUE A COLHEITA DE PROVAS OU FUJA.

Reações:

0 comentários: