28 de janeiro de 2014

FELIX & ALINE. O MUNDO A SEUS PÉS.

Residência de Aline e Félix

Não é fácil criar uma trama e, por isso, tenho certeza de que muitas pessoas em Itaituba têm seu potencial criativo desperdiçado. Como bom exemplo desse desperdício é a trama criada no famosíssimo Hospital Municipal de Itaituba, que atualmente poderia ser cenário para as tramas sangrentas do personagem Jigshaw.
Mas não vamos tão longe. O hospital está servindo de cenário para uma das grandes paixões brasileiras, a novela, e a do momento é VAMOS VIVER A VIDA (enquanto não acaba essa mamada!).
Vamos aos personagens da trama hospitaleira, nomeados pelos figurantes do hospital.
César, é o(a) chefe maior do Hospital; o que acha que manda, mas é manipulado!
Félix, o inteligente da maldade; o que anda pelos corredores verificando quem fala bem ou mal da Pillar, além de alocar os servidores conforme a ‘conveniência’ do serviço e do valor/tamanho dos presentes recebidos;
Aline, sempre planejando um golpe, nem que seja uma rasteira contra os técnicos e/ou enfermeiros.
Piradinha/Piriguete/Valdeburra, sua meta é a fama, e assim faz ‘esculturas’ no corpo ‘sarado’ e banhado pelas águas salgadas do Atlântico. Seu ‘sutaque’ é um ‘destaque’ à parte.
Pillar, a doncada que só sabe gastar e dar conselhos.
Leila, a que apóia conforme a conveniência; a quem está no poder ela se declara como subserviente desde criança.
Bela Adormecida, que não é bbela e não está ‘morta’, como muitos podem pensar! A família dela é amicíssima de Pillar. Essa personagem é uma concessão à liberdade criativa dos figurantes.
Então vamos à trama..
Era uma vez, um jovem rapaz chamado Félix, de família humilde e de sólida formação católica; pessoa de boa índole e sempre educadíssimo. Após formação, chegou ao poder e, estando no Castelo, encontrou uma amiga por nome Aline e, como esses dois tiveram uma empatia mútua, resolveram criar uma confraria, onde os ‘associados’ tinham todas as regalias, além de adoração ao Dono do Mundo, o $$$$$$.
Como bom rapaz, Félix logo pegou a sala de descanso dos servidores e lá instalou uma imensa central de ar onde passa os dias a tamborilar os dedos e a pensar em maldades. Quando não, está na sala da Aline ou, na imensa maioria das vezes, ele mesmo, juntamente com a Aline (ou sozinho), faz rondas pelos corredores e salas, entoando hinos evangélicos, semeando e plantando o terror, assediando moralmente os não integrantes da confraria e humilhando pacientes/acompanhantes; mas como Félix é um bom rapaz, para os plebeus deixou uma sentina com todos os objetos quebrados. Mas na sua sala entra somente quem ele quer ou for da confraria. As conversas são sempre e pé-de-ouvido.
Aos integrantes do grupo, como para a Piradinha, é permitida viagem para fazer aparagens corporais e adicionar outros penduricalhos ao corpo, mas que por enquanto está na ‘geladeira’; a uma outra, visita ao namorado em outro município e, sem precisar apresentarem quaisquer justificativas plausíveis e moralmente aceitas, também é permitido; não constar na escala aos finais de semana é outra forma de agraciar os confrades; não trabalhar também é permitido, e sem levar faltas. Mas nunca esqueça de levar camisas de marcas e outros presentes para o Félix e Aline! A quem contesta é logo dito: ISSO NÃO TE DIZ RESPEITO!
Nessas rondas, Félix marca quem ele vai mudar de lugar, o que é uma constante e sempre com prejuízos para o bom atendimento.
O Félix é tão bom que ao saber, através das imagens das câmaras ali instaladas, de que uma piaba da confraria furtou R$400,00 de uma colega, fez esta devolver o dinheiro. Mas os furtos continuam a ocorrer.
Se a pessoa é integrante do grupo, mesmo não tendo experiência, tem toda a regalia, mesmo fazendo exames onde conste erradamente mulher portadora de sífilis (o que quase leva a morte da senhora pelo marido ‘traído’). Com esse modo de ‘administrar’, sobrou até para o Dr. Diniz que, ao reclamar para a Aline acerca de uma contratada totalmente inexperiente para lhe auxiliar, esta disse que “elas estavam ali para aprender”. Ao que retrucou o Médico: “Mas não em cima de meus pacientes!”
Antes de a confraria assumir, havia seis técnicos de laboratório com larga experiência. Atualmente, conta com somente um(a) técnico(a) com experiência e, pelo fato desses ‘técnicos’ da confraria não saberem fazer qualquer análise do material coletado, tome-lhe resultados errados, inclusive de uma criança com três meses vida onde constava em seu exame três tipos de vermes!
Dando e recebendo apoio à Félix, a Bela Adormecida já falou aos quatro cantos e ventos que quer, e ai da Procuradora que não dê seu jeito, sua efetivação no município conforme sua formação superior, apesar de no Edital não constar tal cargo!
E César, aonde está, que nada vê, nada sabe?
Bem, cabe a César o que é de César e, como Félix e Aline não são bobos, pagam almoços, jantares e ainda levam César todo final de semana ao aeroporto! Lógico que Félix e Aline são os olhos e as palavras de César.
E Pillar? Bem, Pillar está como na novela homônima da Globo: Só de boa, aproveitando o horizonte, que pode ficar turvo por causa de uns figurantes que não estavam no script, o pessoal da CGU!
Mas se você acha que Félix fazendo todas essas ‘atividades’ não vai ter tempo para mais nada, você, leitor(a), está enganado!
Félix é workholic!
Materiais cirúrgicos, bolsas coletoras e salas com central de ar, são separados e guardados para amigos/amigas, assim como o TFD e as diárias para técnicos que acompanham os doentes do TFD.
E como toda trama tem seu animalzinho de estimação (A PETA tá de olho no tratamento dispensados aos animais!), este papel aqui cabe à Leila, que é serviços gerais da Aline.
Mas como acabará essa trama?

Será que os vilões serão castigados ou, como na vida real, os figurantes é que irão pagar o pato? E ao dileto espectador, será que os figurantes da CGU poderão ser a tábua da salvação?

Reações:

11 comentários:

Anônimo disse...

PARABÉNS NORTON, SEM DEMAGOGIA FELIZ DO HOMEM QUE CONSEGUE TRANSFORMAR FATOS DA TRISTE REALIDADE DO NOSSO MUNICÍPIO EM UMA HISTÓRIA COM UMA BOA DOZE DE BOM HUMOR...

ISSO É POR QUE A PREFEITA FALAVA QUE TODOS QUE ELA COLOCASSE IAM TRABALHAR COM RESPONSABILIDADE, E COMPETENCIA, ERA SÓ FINGIMENTO, SE É ALGUÉM DELA IRRESPONSÁVEL E INCOMPETENTE ELA COLOCA, E DEPOIS NA CARA DE PAU FALOU NO CIRCUITO ABERTO SE JUSTIFICANDO QUE QUANDO ENTROU NA SEC. DE EDUCAÇÃO NÃO TINHA ESPERIENCIA. ORA ENTÃO QUE ELA NÃO FALASSE DE COMPETÊNCIA E EXPERIÊNCIA. FOI ASSIM QUE ELA ENGANOU MUITA GENTE, SÓ QUE COM O DITADO INVERSO: DIZIA QUE NÃO IA FAZER E FEZ...QUEM EU COLOCAR VAI SER RESPONSÁVEL E NÃO FORAM...

NORTON NÃO SEI POR QUE NÃO COLOCARAM UMA CAMARA NO SETOR DE CONTABILIDADE DA PREFEITURA PRA VEREM ONDE FOI PARAR O DINHEIRO DO ACHO QUE É FUNDEB, QUE OS PROFESSORES REIVINDICAM, ME CORRIJA, SE NÃO FOR. MAS SÓ COLOCARAM HOSP MUNICIPAL....

Anônimo disse...

EI NORTON VOCÊS VIRAM A MANCHA NA CALÇA DA PREFEITA DA FOTO PUBLICADA NO PINGA FOGO, DA VIAGEM A BRASILIA.

SERÁ QUE ELA TAVA REZANDO PRA CONSEGUIR ALGUMA COISA, PRA VER SE A BARRA DELA LIMPA UM POUCO...OU TAVA REZANDO PRO PESSOAL DA CGU FICAREM CEGOS, SURDOS E LOUCOS....

OLHE LÁ...

Marco Sussuarana disse...

Norton Sussuarana,

Logo, logo os ditos evangélicos elienistas vão começar a te atacar, mas cumpre lembrar-lhes do que diz o Aritgo 10 da Lei Organica do Municipio:

É vedado ao Município:

I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-las, embaraçar-lhes o funcionamento, ou manter com elas ou com seus representantes, relações de dependência ou aliança, ressalvados na forma da lei, a colaboração de interesse público;

II - recusar fé aos documentos públicos;

III - criar distinções entre brasileiros ou preferências entre si.

MArco Sussuarana disse...

Norton Sussuarana,

Também vale lembrar o artigo 51:

São crimes de responsabilidade os atos do Prefeito Municipal que atente contra a Constituição Federal, a Constituição Estadual do Pará e a Lei Orgânica do Município de Itaituba, e especialmente, contra:

I - a existência da União, do Estado e do Município;

II - o livre exercício do Poder Legislativo;

III - o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais;

IV - a lei orçamentária;

VI - o cumprimento das leis e das decisões judiciais; Parágrafo Único - Esses crimes são definidos em lei complementar, que estabelecerá as normas do processo e julgamento.

Anônimo disse...

Eu acredito não vocês não devem misturar religião/denomição com os atos de cada um. Deixem os evangélicos de fora disso. das picuinhas de vocês. Por favor

Marco Sussuarana disse...

Caro Anônimo das 11:46, ora se você quer que deixem os evangélicos fora disso, então por favor avise-os de não utilizarem da religião para justificar algo e nem sobretudo para ofender as pessoas, como de fato tem ocorrido bastante aqui.
Quando há alguma critica à prefeita sempre surge um evangélico dizendo que ela está trabalhando, etc e sempre ofendendo. Se vc não quer que misturem religião/denomição (SIC, por favor, então avise aos seus amigos que se atenham aos fatos e nem usem a denominação de evangélico, pois afinal o Estado é laico e devemos nos ater aos assuntos políticos.
Em tempo, não tenho nada contra os evangélicos, pelo contrário, apenas acho que alguns pseudo evangélicos usam a doutrina em vão ! E os bons , o evangélicos sérios mesmo, levam a culpa.

Anônimo disse...

Norton,é muito facil,"critica" ou julgar os outros.Quanto apontamos um dedo para alguem,tem tres apontando para nos.Mas,se queres criticar tudo bem,é válido mas nao usando termos vulgares e nem denegrindo a imagem das pessoas.Com certeza vc,esta sendo influenciado como sempre foi.Qual é o seu problema,pois isso nao é AMOR por ITAITUBA,e vc,nao é uma PESSOA QUERIDA aqui.FAÇA UMA AUTO ANALISE.

Norton Sussuarana disse...

Caro anônimo das 17h06min, realmente não é fácil criticar, como também não o é fácil elogiar, sendo preciso motivo para que ocorra a crítica ou o elogio. Quanto a denegri a imagem de alguém, não estou fazendo isso, sendo que os nomes Félix, Aline, Valdeburra/Piriguete e Leila, foram dados pelas pessoas que estão sendo perseguidas dentro do Hospital Municipal, perseguição essa que se dá por motivo político, financeiro, e religioso. Pergunte-se por que uma pessoa fez essas denuncias. Por que está havendo essas perseguições e, aonde você estava quando morreram as duas crianças no Hospital Municipal? E, quanto a não ser uma pessoa querida, na minha idade não estou mais preocupado em agradar, mas sim, procurar fazer o certo.

Anônimo disse...

Certo, faltou tu dizer o teu o teu apelido de um dos personagens da novela . Tenta adivinhar, meu caro "justo, simpático," norton.

Norton Sussuarana disse...

Bem anônimo, por que queres me crucificar? Não saí de casa e criei essas perseguições (pergunte para a irmã do Kaiser, que é aliado da Prefeita, porque ela está sendo perseguida no Hospital Municipal e, ainda só não a demitiram porque ela é EFETIVA). Podes colocar-me apelido, mas, por favor, não faça igual ao desequilibrado do Kássio Rodrigues, que esqueceu o bom humor e passou para as ofensas pessoais. Tenho como saber seu IP! E,na próxima, caso queiras uma resposta minha, identifique-se, pois, caso contrário, TODOS os seus comentários serão deletados! tenha ombridade e, já que estás a defender esses perseguidores do Hospital, identifique-se!

Norton Sussuarana disse...

Bem anônimo, por que queres me crucificar? Não saí de casa e criei essas perseguições (pergunte para a irmã do Kaiser, que é aliado da Prefeita, porque ela está sendo perseguida no Hospital Municipal e, ainda só não a demitiram porque ela é EFETIVA). Podes colocar-me apelido, mas, por favor, não faça igual ao desequilibrado do Kássio Rodrigues, que esqueceu o bom humor e passou para as ofensas pessoais. Tenho como saber seu IP! E,na próxima, caso queiras uma resposta minha, identifique-se, pois, caso contrário, TODOS os seus comentários serão deletados! tenha ombridade e, já que estás a defender esses perseguidores do Hospital, identifique-se!