5 de dezembro de 2013

SEGURANÇA NO PARÁ: COMO BANDIDO GOSTA!

Bandidos igualam classes. Segurança Pública tem corte de R$ 86 milhões. Belchior

Shot031
No Pará, a violência desenfreada faz a bandidagem ser vitoriosa onde todos os teóricos do marxismo-leninismo, e as revoluções estribadas nele, falharam fragorosamente: a igualdade de classes.
É vitima da mesma violência, pobre, remediado e rico. Na hora mais escura não tem conversa: de proletário a delegado-geral, de deputado a presidente de partido, de funcionário a bailarina, todo mundo tem que aguentar o tranco.
> Corte de R$ 86 milhões
E para a alegria dos meliantes, sem maiores explicações – nem menores – o governo enviou para a Alepa o Orçamento Geral do Estado para 2014 com cortes nas dotações de Segurança Pública que totalizam R$ 86 milhões, quando as evidências determinam que o setor precisa, urgentemente, de mais investimentos.
Parafraseando o saudoso Belchior, em "À Palo Seco", "isso é um canto torto, feito faca, cortando a carne de todos nós".

Reações:

0 comentários: