7 de novembro de 2013

VERSÃO MUSICAL

ANDANDO PELOS MAIS BELOS E DIVERSOS BURACOS DE MINHA LUNÁTICA ITAITUBA, DEU-ME UMA TRISTEZA IMENSA, BEM COMO UM INSIDE PARA ADAPTAR, À NOSSA REALIDADE, A LETRA DA MÚSICA NÃO VOU ME ADAPTAR DO TITÂNICO ARNALDO ANTUNES.


NÃO VOU ME ADAPTAR
Arnaldo Antunes

Eu não caibo mais nas ruas que eu cabia
eu não encho mais o carro de alegria
os buracos aumentaram enquanto o governo dormia
e o governo a quem eu queria bem me esquecia

será que eu falei o que ninguém dizia (na eleição)?
será que eu escutei o que ninguém ouvia?
eu não vou me adaptar, me adaptar

eu não tenho mais o carro que eu tinha
no espelho essa cidade não é minha
é que quando eu me toquei achei tão estranho
o meu prejuízo estava deste tamanho

será que eu falei o que ninguém ouvia?
será que eu escutei o que ninguém dizia?
eu não vou me adaptar, me adaptar

BURACOS! BURACOS!

Reações:

0 comentários: