3 de outubro de 2013

MARINA SILVA SEM ESCÁPULA PARA ATAR A REDE!

TSE indefere registro da REDE


O TSE rejeitou o pedido de registro da Rede. Aqueles que tinham em Marina Silva a opção a “tudo isso que está aí” deverão lançar maus agouros à Corte, mas a decisão foi correta: a pretensão não preencheu as formalidades legais.
Shot009
O pedido de Marina, para que o TSE validasse assinaturas que os cartórios invalidaram era uma impossibilidade jurídica: o TSE não tem essa prerrogativa legal.
A possibilidade legal para o deferimento do pedido constituir-se-ia em uma impraticabilidade: as 50 mil pessoas cujas assinaturas os cartórios invalidaram, teriam que assinar o apoio em frente aos ministros.
> O direito não socorre os que dormem
Marina dormiu onde é vedado piscar. Como candidata a presidente do Brasil, tinha a obrigação de saber prevenir os percalços de uma caminhada pelos corredores da arcaica burocracia nacional.
Conversando com o presidente do PROS, recentemente registrado, ele nos confessou que passou 4 anos colhendo e validando assinaturas: um vereador do interior de Goiás foi mais previdente e operou com mais eficácia do que uma ex-senadora e ex-ministra da República.
Se previdente, Marina teria tempo para, invalidadas as assinaturas, colher outras em mesmo tanto antes de pleitear o registro. Protocolar o pedido com assinaturas invalidadas foi uma súplica dolente e não um requerimento apto.
> É apenas uma pena…
Argumentos coloquiais não elidem falhas formais. É inepto argumentar que a candidatura de Marina forçaria um 2° turno, que ela é dona de 20 milhões de votos, que a sua presença na corrida qualificaria o pleito, ou que isso é coisa “dos petistas”.
Eu não sou eleitor de Marina, mas nutro por ela profunda simpatia: ela é uma vencedora pelo simples fato de ter saído de onde veio e ter chegado onde está. Não obstante, diferente da mulher de César, que precisava ser e parecer honesta, a gélida face do direito que nos regra não está autorizada a enxergar além das formalidades legais.
Se essas formalidades não foram prestadas, o indeferimento da pretensão, por mais nobre que tenha sido a causa, é uma imposição inafrontável.

Reações:

6 comentários:

Anônimo disse...

eu e minha familia vota nela, dilma nunca mais.

Anônimo disse...

eu e minha familia vota nela, dilma nunca mais.

Anônimo disse...

Você e doido nunk no Brasil esse marina e doida pra dar as riquezas dos nossos país para ONGs

Anônimo disse...

Fora Dilma e os ladrões do PT.

Anônimo disse...

ei anonimo e o ok tu acha que essa dilma já fez?

Anônimo disse...

LULA VAI GANHA É 13