27 de junho de 2013

ZOONESE ATACA. MAS OS CÃES CONTINUAM A LADRAR

Carroceiros de Itaituba protestam contra ação do setor de Zoonose da Sec. Saúde.


N. DO B: É MUITO VÁLIDA ESSA AÇÃO DO SETOR DE ZOONOSES DO MUNICÍPIO DE ITAITUBA/PA, DESDE QUE SEJA FEITA DENTRO DA LEGALIDADE E COM O DEVIDO RESPEITO NO TRATO DOS ANIMAIS, COMO PRENDER ANIMAIS SOLTOS, PASTANDO SEM ESTAREM PRESOS EM LOCAL FIXO, DOENTES E SENDO MALTRATADOS POR SEUS PROPRIETÁRIOS. MAS UMA CURIOSIDADE DESSA AÇÃO, E ISSO FOI MENCIONADO NA POSTAGEM ABAIXO, É O FATO DESSA AÇÃO NÃO CONTEMPLAR AS CENTENAS DE CÃES VADIOS QUE INFESTAM NOSSA CIDADE, HAJA VISTA QUE SÃO VETORES DE DOENÇAS, EMPORCALHAM NOSSA CIDADE, ALÉM DE CONTRIBUÍREM PARA UMA IMAGEM PÉSSIMA DE ITAITUBA (IGUAL AOS VEREADORES DE ITAITUBA). MAS ISSO DEVE SER PORQUE TAIS CANINOS NÃO TÊM DONOS E... A CARAVANA PASSA INCÓLUME!
Carroceiros de Itaituba protestam contra ação do setor de Zoonose da Sec. Saúde. 

Esta semana um grupo de carroceiros de Itaituba que trabalham diariamente pelas ruas da cidade, foi a Secretaria Municipal de Saúde que é comandada com mão de ferro por Orenice Cabral para protestar contra ações do setor de Zoonose.

Segundo as denuncias do carroceiros no inicio da semana o setor de zoonose fez uma ação na cidade, onde prendeu um cavalo de um carroceiro. Segundo o setor o animal estava em via publica de forma irregular, por isso foi feita a apreensão do animal que foi levado para uma chácara nas proximidades do curral redondo, para pegar o animal o dono tem pagar a diária do animal de 25 reais e uma taxa de 150.

O dono do animal acompanhado dos companheiros de trabalho foi a Secretaria reclamar da apreensão de seu animal e deu sua versão. Segundo ele seu animal não estava em via publica, estava em local afastado da rua, outras carroceiros relataram que os animais estão sendo pego em locais bem afastados das ruas, ele reclamaram também da taxa que tem que pagara para retirar seu animal, eles afirmam que não são contra a apreensão dos animais, entretanto desde que os mesmo estejam em via publica causando risco de acidente. Outra reclamação é que setor não esta pegando os cães vadios que andam livremente pelas ruas causando acidentes.

Outro fato que revoltou os carroceiros foi de que, segundos eles uma pessoa que trabalha no setor de zoonose teria os humilhado, inclusive mandando que eles calassem a boca, teria ameaçado chamar a policia militar para prender os mesmo, revoltados com o funcionário do setor eles acionaram a imprensa para externar sua indignação. Depois da pressão dos carroceiros a secretaria de saúde vai realizar uma reunião com as partes para explicar a legislação que vigora neste tipo de ação para que fique bem esclarecido.

Em conversa com o responsável pelo setor, o mesmo disse que, a ação realizada pelo setor foi feito dentro da lei, e desmentiu os carroceiros, que ninguém teria mandados os mesmo calarem a boca, e mais um deles estaria com uma faca na cintura afirmou Matheus. Agora fica a pergunta quem esta mentindo nessa historia o setor de zoonose ou os carroceiros. Esta semana um grupo de carroceiros de Itaituba que trabalham diariamente pelas ruas da cidade, foi a Secretaria Municipal de Saúde que é comandada com mão de ferro por Orenice Cabral para protestar contra ações do setor de Zoonose.

Segundo as denuncias do carroceiros no inicio da semana o setor de zoonose fez uma ação na cidade, onde prendeu um cavalo de um carroceiro. Segundo o setor o animal estava em via publica de forma irregular, por isso foi feita a apreensão do animal que foi levado para uma chácara nas proximidades do curral redondo, para pegar o animal o dono tem pagar a diária do animal de 25 reais e uma taxa de 150. O dono do animal acompanhado dos companheiros de trabalho foi a Secretaria reclamar da apreensão de seu animal e deu sua versão. Segundo ele seu animal não estava em via publica, estava em local afastado da rua, outras carroceiros relataram que os animais estão sendo pego em locais bem afastados das ruas, ele reclamaram também da taxa que tem que pagara para retirar seu animal, eles afirmam que não são contra a apreensão dos animais, entretanto desde que os mesmo estejam em via publica causando risco de acidente. Outra reclamação é que setor não esta pegando os cães vadios que andam livremente pelas ruas causando acidentes.

Outro fato que revoltou os carroceiros foi de que, segundos eles uma pessoa que trabalha no setor de zoonose teria os humilhado, inclusive mandando que eles calassem a boca, teria ameaçado chamar a policia militar para prender os mesmo, revoltados com o funcionário do setor eles acionaram a imprensa para externar sua indignação. Depois da pressão dos carroceiros a secretaria de saúde vai realizar uma reunião com as partes para explicar a legislação que vigora neste tipo de ação para que fique bem esclarecido.

Em conversa com o responsável pelo setor, o mesmo disse que, a ação realizada pelo setor foi feito dentro da lei, e desmentiu os carroceiros, que ninguém teria mandados os mesmo calarem a boca, e mais um deles estaria com uma faca na cintura afirmou Matheus. Agora fica a pergunta quem esta mentindo nessa historia o setor de zoonose ou os carroceiros.

Reações:

5 comentários:

Anônimo disse...

Engraçado se autua a ação é ilegal, se os cachorros estão soltos é porque não se trabalha. Aliás em relação aos cachorros isso é uma verdade, basta andar nas ruas. Noto que toda ação do poder público é uma afronta a população e geralmente é apoiada por parte da mídia. Leis foram feitas para serem cumpridas. Creio ser por isso que Itaituba não avança.

Norton Sussuarana disse...

Caro Anônimo, este blog não é contra nenhuma ação que venha a melhorar nossa cidade, assim como não entendo, apesar de você concordar quanto aos cães vadios, que esta postagem é contra o serviço do setor de Zoonoses. Contrário ao que você fala, consta no final da postagem, argumentos dos dois lados. Mas há que se perguntar: Por que essa ação somente contra os animais que têm donos?

Anônimo disse...

Porque os donos dos cavalos irão atrás de seus animais e os donos dos cachorros não irão fazer procuração de seus animais, aí não terão como pagar a multa simples assim. É que nem a questão do trânsito em Itaituba, se você for apreendido em uma blitz você paga 100 reais pelo guincho, sendo carro ou moto, então eles só fiscalizam as motos porque, num guincho cabem 10 motos, e apenas um carro, então numa com 10 motos se arrecada 1000 reais, com só 100, então a medida não é pra melhorar nada e sim para se arrecadar dinheiro.

Anônimo disse...

IPTU: aumento descabido e abusivo
Um dos carnês de IPTU ao qual o blog teve acesso comprovou a reclamação que está se espalhando pela cidade, provocando grande descontentamento com a administração municipal.

Um empresário que pagou pouco mais de R$ 1.000,00 ano passado, recebeu um carnê no qual constam os seguintes valores:

Pagamento à vista: R$ 8.600,00

Pagamento parcelado: 11.200,00

Comparando o pagamento parcelado do ano passado, o aumento foi superior a 1.000%

Se com valores muito menores a inadimplência é monumental, com esse aumento absurdo, a tendência será de aumento muito grande no número de pessoas que deixaram de recolher esse imposto.

Ano passado a Prefeitura emitiu cerca de R$ 84 milhões em IPTU e recebeu apenas perto de R$ 5 milhões.

Isso vai dar muita dor de cabeça para a prefeita Eliene Nunes.

Norton Sussuarana disse...

ACERTOU EM CHEIO, ANÔNIMO DAS 13H27, POIS QUE A ATUAL ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL NÃO TEM INTERESSE, E NEM VONTADE, EM MELHORAR NOSSA CIDADE, MAS EM ARRECADAR. AGORA, PARA ONDE VAI TODA ESSA ARRECADAÇÃO, SÓ DEUS SABE!